window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-85535130-2'); [Resenha] Vidas Irrisorias - Jonatan Magella - Garotas Devorando Livros

[Resenha] Vidas Irrisorias - Jonatan Magella


Em qual bolha você vive?

   Uma verdadeira crítica social, uma realidade social, uma verdade que muitas pessoas não enxergam. "Vida Irrisorias" é um livro com diferentes histórias, com personagens que fazem parte do mesmo mundo que o meu, o seu e o nosso, mas que vivem num mundo de aflição, dor e de insignificância. A cada página, meus olhos se encheram de lágrimas. Me identifiquei com algumas, lembrei de alguém em outras, cada capítulo foi um aprendizado.

"Ele me levou pro depósito, ficou passando a mão no meu ombro que nem no dia do teste. Aí disse que queria que eu acabasse com ele que nem uma máquina. Tirou a roupa. Vamo lá, eu tinha doze anos. Nunca tinha encostado em ninguém."


SINOPSE: Vidas Irrisórias é sobre como as pessoas lidam com a própria irrelevância. Algumas, como uma barragem rompida, explodem numa enxurrada e levam tudo que veem pela frente. Outras preferem o silêncio e a quietude. Em alguns casos a irrelevância nos torna sábios, em outros nos desperta os instintos mais destrutivos. Vivemos numa sociedade que nos cala ao mesmo tempo em que nos cobra um posicionamento. Como lidar com a própria insignificância? Com ódio ou com serenidade – a depender de nossos valores e desejos.

Autor: Jonatan Magella
Editora: Luva
Páginas: 85







   Nosso cotidiano é repleto de luta, repleto de sonhos, de coragem, de maldade, de humanidade. Muitas vezes, e na maioria delas, passa despercebido histórias de vida como essas de "Vidas Irrisórias", e a gente consegue lidar normalmente com isso e mal percebe a gravidade disso.

"A opinião é um dever do cidadão. Tem que dizer se está de um lado ou do outro. E quem não opina entra na covardia."
  
   Embora o livro seja uma ficção, traz à tona realidades vividas por muitas pessoas.: Violência, trabalho escravo, abuso sexual infantil, estupros, injustiças, confrontos, o analfabetismo, dentre outras. Fui encarada muitas vezes durantes as minhas viagens de ônibus e metrô pela cidade do Rio de Janeiro, onde moro. Eu abria, lia, chorava, fechava, e tomava coragem até abrir e continuar a leitura. Foi difícil, mas eu precisei ler, e você também deveria, afinal, já é tempo de sair da bolha!

Impactante
Real
Emocionante
Reflexivo

"Vidas Irrisórias é sobre como as pessoas lidam com a própria irrelevância."

5 comentários

  1. oi!
    Eu gostei dos contos presentes na obra, eles nos fazem refletir...

    ResponderExcluir
  2. Oi,tudo bem ?

    Não conhecia, mas achei muito bacana conhecer o livro através do ponto de lista de quem já leu. O livro parece ter histórias fortes, tocantes e que levam a reflexão...com toda certeza é uma ótima indicação para todos que gostam do gênero .

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante a forma como você escreveu, achei o livro bem legal e acredito que devemos nos preparar psicologicamente para ler por ser uma crítica social hj nós estamos muito egoístas e não aceitamos um livro quebgerabum back como vc disse falar sobre a insignificância

    ResponderExcluir
  4. Nicole e todas as meninas, grato pela resenha. Achei interessante o fato de ter escrito sua experiência com meus contos. Você me fez perceber aspectos novos. Um grande abraço em vocês todas.

    ResponderExcluir
  5. nossa, deve ser uma leitura profunda e repleta de questionamentos e significados... adoro livros nessa vibe... nao conhecia esse e fiquei curiosa pra ler...
    bjs :D

    ResponderExcluir