[Série] Stranger Things - Netflix



 Senhoras e senhores, se vocês ainda não viram a 3° temporada de Stranger Things, pode separar a pipoca, o lenço e arrumem um lugar bem confortável para poder acompanhar cada episódio.


Sinopse: É 1985 em Hawkins, Indiana, e o verão está esquentando. As aulas acabaram e há um novo shopping na cidade, e a turma de Hawkins está crescendo. O romance floresce e complica a dinâmica do grupo, e eles precisarão descobrir como crescer sem se separarem. Ao mesmo tempo, o perigo aparece. Quando a cidade é ameaçada por velhos e novos inimigos, Eleven e seus amigos são lembrados que o mal nunca acaba; ele evolui. Agora eles precisam se unir para sobreviver, e se lembrar que amizade é sempre mais forte do que o medo.

Direção: Matt DufferRoss DufferShawn Levy e Uta Briesewitz.
Elenco: Millie Bobby Brown, Winona Ryder, Finn Wolfhard, Noah Schnapp, Gaten Matarazzo, David Harbour, Caleb McLaughlin




 Foram 8 episódios tão cheios de acontecimentos que só posso bater palmas por terem conseguido encaixar tudo tão bem.
Primeiramente devo avisar que se eu tivesse que definir essa temporada com duas palavras, elas seriam amor e perda.
 É verão em Hawkins e para completar as férias da nossa turma já conhecida, a cidade ganhou um shopping, o Starcout. Para uma série dos anos 80, não preciso comentar o quanto essa novidade tem impacto sobre a cidade, sendo o shopping um dos cenários mais explorados dessa temporada. 
Steve agora é mais presenta na vida das crianças, em especial de Justin, e arrumou um emprego em uma sorveteria no novo shopping da cidade. A amizade entre Justin e Steve se fortaleceu no final da temporada passada, e ficou mais intensa nessa. A relação dos dois é tão fofa de se ver que parecem que ambos ganharam um irmão, só que sem a parte de ter brigas. Steve cuida de Justin, aconselha e é tudo tão leve que vira motivo de piada para Robin, personagem nova e companheira de trabalho de Steve na sorveteria.



 Devo confessar que fiquei surpresa com o tanto que essa turma cresceu! Eleven e Mike estão namorando, e para o aumento dos cabelos brancos de Hopper, não conseguem passar o verão separados. Lucas e Max também formam um casal, e Justin também volta de um acampamento de verão falando sobre estar namorando, sobrando apenas Will que ainda não mostrou interesse em dar esse próximo passo. Pelo contrário, Will continua com os mesmos interesses que tinha na primeira temporada e não entende porque seus amigos não gostam mais. Essa diferença de interesses acaba se tornando motivo de uma separação momentânea do grupo, mas nada muito sério. 

(Olhem a cara dessa neném apaixonada!)

O foco principal dessa temporada é a descoberta pelas crianças de que o russos construíram uma base secreta em Hawkins, para a tentativa de reabrir o portal que foi fechado por Eleven na temporada passada. No meio dessa descoberta temos também a participação de Joyce, juntamente com Hopper tentando decifrar uma forma de impedir que o portal seja reaberto para proteger seus filhos. E enquanto trabalham juntos, surge também uma tensão entre os dois pelo interesse que Hopper tem por Joyce e a dificuldade que ela tem de deixar seu coração abrir novamente.

(Olhem esse pai e essa filha!)

Para completar o time, Nancy e Jonathan passam o verão fazendo estágio no jornal da cidade, local onde a jovem se depara com o machismo que tenta impedir que ela desenvolva suas habilidades de jornalista. O (agora) casal passa por muitos atritos porque Jonathan se mostra um pouco travado em reconhecer e ajudar Nancy a lidar com as dificuldades, mas apesar de tudo os dois são de grande ajuda quando conseguem desvendar que além dos russos, a cidade, ou melhor, Eleven tem outra ameaça pela frente. 
O devorador de mentes voltou, dessa vez está empenhado em eliminar Eleven, e para isso está montando um exército.
 Será que ele vai ter sucesso? E os russos, será que vão conseguir abrir o portal?
 Uma temporada de tirar o fôlego, com uma trilha sonora maravilhosa, personagens novos e um final que deixa a gente entre uma lágrima e um sorriso a espera da próxima temporada.

Um comentário

  1. Olá
    Eu achei essa terceira temporada bem boa. Muito legal ver as crianças crescendo. Me sinto uma tiazona com saudade dos sobrinhos pequenos kkkkk.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir