[Resenha] Um caso perdido - Colleen Hoover



Sinopse: Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.


Autor (a): Colleen Goover
Editora: Galera Record
Páginas: 384



           Sky não possui a vida de uma adolescente normal. Aos 17 anos, ela não tem televisão em casa, não tem celular, nunca foi para a escola e nem sabe o que é netflix, mas agora prestes a fazer 18 anos ela conseguiu convencer sua mãe, Karen, a deixá-la freqüentar a escola, pelo menos para que ela saiba o que a espera quando for para a faculdade. E é aí que tudo muda.

           A melhor amiga de Sky, Six, que sempre esteve por perto nos últimos anos, seja para compartilhar história de garotos ou um pote de sorvete, não vai estar por perto para acompanhá-la. Sky nunca imaginaria que mesmo sem ir ao colégio ela já tinha uma fama nele. Interessante, não? Seu “boas vindas” ser uma armário repleto de bilhetes que a chamam de vagabunda para baixo, o que para Sky se tornou motivo de riso, principalmente quando notas de dinheiro passaram a fazer parte do pacote na intenção de chamá-la de prostituta.

           Apesar de se relacionar com diversos garotos, Sky não consegue sentir nenhum tipo de atração sexual por nenhum deles. Os rapazes que passam por seu quarto são apenas um passatempo, do qual ela consegue desligar sua mente do mundo ao ficar contando as estrelas que estão coladas em seu teto. Nenhum deles nunca conseguiu ultrapassar as barreiras de seu coração e mesmo que muitas pessoas pensem ao contrário, nem as barreiras de suas roupas.


           Tudo isso era a realidade de Sky até que surge... Holder. Quando Sky vê esse garoto que deixa o cabelo caído em cima dos olhos azuis, ela não consegue explicar os sinais estranhos dados por seu corpo, e por isso atribuí tudo a alguma espécie de vírus que faz seu estômago revirar e a temperatura de ser corpo subir. Afinal, o que mais poderia ser?
 Odeio o fato de existirem tantos lados dele que não compreendo, e nem sei se quero continuar tentando entendê-los. Há partes dele que amo, partes que odeio, partes que me apavoram e partes que me impressionam. Mas há uma parte dele que só me decepciona... e com certeza essa é a mais difícil de aceitar. 
           Holder não consegue entender. A garota nova faz com que ele se lembre de uma determinada pessoa, mas não pode ser... Pode?
           
           Uma ligação é estabelecida, e a partir daí as reações de Sky não se limitam apenas às físicas. Ao deixar Holder entrar em sua vida, sua mente passa a se desdobrar em uma série de sonhos e pesadelos que para ela não fazem sentido.
 Não consigo deixar de lado a impressão de que talvez o que nós temos seja bom demais, certo demais e perfeito demais, e assim fico pensando em todos os livros que li e em como, quando as coisas ficam bonitas demais, certas demais e perfeitas demais, é só porque alguma reviravolta horrorosa ainda não se infiltrou na situação.
           E foi assim que me apaixonei por Colleen Hoover, decidi enfrentar uma super fila e correr MUITO para pelo menos ver essa mulher sem coração de perto.


           Quando li “Um caso perdido” entendi o que é ter um relacionamento abusivo entre leitor e autor. Os personagens são extremamente cativantes e você deseja que eles sejam seus amigos. Todos possuem uma personalidade forte, um ótimo sendo de humor (as vezes negro) e isso me ganhou a um ponto que quando tudo começou a desmoronar eu estava chorando arrasada com meu coração partido, mas não deixei de querer um autógrafo.




           Uma história emocionante e envolvente, que mesmo depois de ler a última página, continua viva em sua mente.
           Um amor entre dois jovens que lembra uma rosa: Bela, mas cheia de espinhos. A pergunta que ficou comigo foi: Como algo pode ser tão intensamente bonito e cruel ao mesmo tempo?
           Você vai querer chorar, gritar, rir e no final vai se perguntar como seu coração ainda continua batendo.
 Deixo aqui um dos meus quotes favoritos:
 Os acontecimentos da vida de uma pessoa estão todos aglomerados um minuto após o outro, sem nenhum intervalo de tempo, páginas em branco ou pausas de capítulos, porque não importa o que aconteça, a vida simplesmente continua, segue em frente, as palavras são ditas, e as verdades sempre surgem, quer você queira ou não, e a vida nunca deixa você fazer uma pausa apenas para recuperar a porra do fôlego.
  Holder e Sky são um exemplo. "Apenas" isso.
 Eu gamo você, Sky. Gamo tanto você. <3
           A autora escreveu também o livro na visão do Holder e em breve vou trazer a resenha para vocês, mas já adianto para quem não leu ainda, é tão cruel e lindo quanto “Um caso perdido”.



Classificação

d5a0c684-fb33-4fe2-bd51-312bd0e8bd1d.jpg (233×88)

15 comentários

  1. oi!
    O livro é maravilhoso com uma bela história de crescimento, que nos ensina viver.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa, tudo bem?

    Ainda não li nenhuma obra solo da CoHo, mas preciso fazer isso urgentemente, pois tenho vários livros dela na estante. Vejo muita divergência em relação as obras da autora, ou as pessoas amam ou odeiam, e quero saber qual será meu posicionamento. Fiquei aqui desejando ler esse livro por esse sentimento conturbado que parece passar ao leitor. Adorei a sua resenha, arrasou!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Escolhi "Um caso perdido" até parece baseado em caso real pois em algumas regiões ainda existe pessoas sem.acesso a praticamente nada.
    você me convenceu a conferi-lo
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Depois de ler esta publicação só apetece devorar o livro!! ;) Gostei muito.

    https://oblogdamani.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. CARACA!

    Tudo bom?

    Adorei a resenha. Também amo os livros da Colleen Hoover, ela é uma autora muito foda.
    Sua resenha foi escrita com muito amor, eu senti isso. Deve ter sido muito emocionante ter encontrado com a Hoover, um sonho.

    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Deus do céu! Preciso comprar esse livro! Nossa senhora! E que resenha! Tô sem ar! kkkk... Quero muito ler... pra ontem!

    ResponderExcluir
  7. Miga, que história doida!!!!! Adorei a premissa, achei bem diferente e me deu uma curiosidade sem ao menos ter lido.
    Você contanto também me deu vontade de ser amiga dos personagens, amei!

    Brainstorms - Um blog sobre a vida o universo e tudo mais!🎬 🎮 🎧 📚
    Blog Taís Amaral - Meu diário de Beleza💄💅🦄

    ResponderExcluir
  8. Esse livro é simplesmente maravilhoso e sua resenha esta perfeita. Parabéns

    ResponderExcluir
  9. Nossa!! Se eu precisava de um livro para retomar o hábito da leitura do qual eu sinto tanta falta, acabei de encontrar um perfeito neste teu post! Já quero ler! Parabéns pela resenha. Teus sentimento e ao final da leitura me lembraram tudo o que senti quando terminei o Como Eu Era Antes de Você! Tb fiquei devastada! Rs

    ResponderExcluir
  10. Oi! Nossa, eu amo a CoHO! Por sinal, esse é um dos meus preferidos dela. Eu adoro a história da Sky e Holder e como a Colleen nos dá um soco no estômago. Chorei tanto lendo e me perguntando como poderia aquilo acontecer. Confesso que ler o do Holder me fez chorar mais ainda. Mal sabia eu que seriam os primeiros de muitos choros UAHSUAHSUAH
    Também fui nessa bienal, corri que nem uma Bolt kkk e tenho esses dois livros e UL autografados. Os xodós da minha vida! Amei a matéria. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Linda resenha, e eu amei a história desse livro

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nada da escritora, preciso urgente inserir uma obra dela na minha lista e essa é uma que me chama demais a atenção e e deixa curioso. Anotada a dica.

    ResponderExcluir