[Filme] [Resenha] Por lugares incríveis


por lugares incríveis 

Sinopse: Violet Markey (Elle Fanning) e Theodore Finch (Justice Smith) têm suas vidas transformadas para sempre quando se conhecem. Juntos, eles se apoiam para curar os estigmas emocionais e físicos que adquiriram no passado.
Direção: Brett Haley

Elenco: Elle Fanning, Justice Smith

Hey! Senta que lá vem minhas reclamações.

 Uma amiga minha leu esse livro a alguns anos atrás e na época ela disse que eu precisava ler, e agora mais do que nunca eu acredito que preciso ler... para a tirar a péssima impressão que o filme deixou.
 A história começa com Violet Markey interpretada por Elle Fanning, em pé em cima do parapeito da ponte onde ocorreu o acidente que acabou matando sua irmã mais velha. Em meio ao seu luto, Violet afasta todos os seus amigos, familiares e ao que parece, se entrega a alguns pensamentos suicidas.
 Theodore Fitch – Justice Smith -, um colega de escola a vê em cima da ponte e consegue fazer com que ela desista do que iria fazer.
 E depois desse episódio, Fitch tenta uma aproximação e com um trabalho de escola ele consegue passar um tempo perto de Violet, tentando mostrar à ela e a si mesmo que existem momentos bons a serem vividos.
 Theodore tem seus monstros, mas o filme deixou muito superficial, sendo difícil entender se ele é depressivo, bipolar ou alguma outra opção. Na maior parte do tempo ele é agradável, mas considerando que os dois nunca foram próximos, estranhei muito a proximidade que Violet permitiu que ganhasse dela.
Seguindo a história, os dois começam um relacionamento onde mesmo querendo saber mais sobre Violet, Fitch oferece muito pouco sobre si, e por mais que ela se irrite com essa situação, rapidamente ele consegue distraí-la com outras coisas, como por exemplo, flores.
Uma das cenas que mais me incomodou foi uma que mesmo ela dizendo para ele que não entraria em um carro, mostrando claramente seus traumas por conta do acidente com a irmã, o rapaz insiste e FIQUEI PASMA, ela aceita.

Resultado de imagem para por lugares incriveis sinopse filme


 Veja bem, uma garota que afasta a família, os amigos próximos, aceita a aproximação de um estranho e ainda passa por cima de seus incômodos porque ele insiste. E outra, todos os seus medos somem rápido! É, não me convenceu.
 Eu simplesmente não consegui sentir o filme. Consigo entender qual era a essência, mas a emoção passou longe.
 Achei o casal completamente mecânico e fora de sintonia, uma coisa parecendo até mesmo forçada.
 Quando achei que não podia me decepcionar mais, veio o final. Enfim, sem spoiler, mas... fiquei completamente frustrada com essa produção, e olha que nem precisei ler o livro como de costume.

Tristeza Tempo GIF


 O que me surpreendeu foi saber que o roteiro foi escrito pela autora do livro e que o livro foi escrito com base em uma história que ela viveu. Queria saber se ela ficou satisfeita com o resultado.
 Me contem, vocês assistiram ? Gostaram ? Se gostaram, será que eu vi errado e por isso não gostei ? Hahaha
 Deixem aqui um comentário!

Trailer


2 comentários

  1. Queria ler o livro, dizem que é muito melhor que o filme
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  2. Eu já assisti o filme achei muito bom a mensagem que ele traz mais como você comentou não deixou claro o que ele era bipolar etc
    Mais acho que se eu tivesse lido o livro poderia entender melhor o filme,mas mesmo assim esperava mais do filme pois dizem que o livro é muito bom

    ResponderExcluir