[Resenha] Poderosa – Sérgio Klein


Sinopse: O pai e a mãe estão se separando, o irmão caçula é o garoto mais implicante do planeta e a avó passa os dias na cama, descascando a parede com as unhas, sem saber o que acontece ao redor. É este o habitat de Joana Dalva, que aos 13 anos sonha em ser escritora. Tudo o que ela desejava era criar histórias que distraíssem os futuros leitores, mas um dia faz uma redação sobre a quase xará Joana s'Arc e provoca uma reviravolta da História. Se uma simples redação podia mudar o passado, por que não usar a literatura para consertar o presente? Joana Dalva não hesita em converter a ficção em realidade. O problema é que cada texto produz conseqüências imprevistas, dando origem a outros problemas. E o jogo de gato e rato acaba escapando do controle. Para participar desse jogo, não é preciso ter a idade de Joana Dalva nem sentir na pele os conflitos e as espinhas da adolescência. Este romance de Sérgio Klein destina-se a todos os que ainda acreditam no poder transformador das palavras.


Autor: Sérgio Klein
Editora: Fundamento
Páginas: 194



 Joana Dalva, uma adolescente que podia ter o mundo na palma de sua mão... ou seria na ponta de sua caneta?
Apesar de parecer uma adolescente comum, com amores platônicos, problemas familiares e tudo que um jovem passa, sua vida dá uma baita reviravolta logo após reescrever a história da personagem lendária Joana D' Arc, sua quase "xará".



 Sérgio Klein, em minha opinião, foi quem reescreveu a literatura brasileira infanto-juvenil atual. Seu livro é cômico e a gente acaba se encontrando nos personagens.
 Quem nunca teve uma paixonite aguda pelo boy mais lindo da classe?
 Ou quem nunca teve ranço da "projeto de periguete"?
 E, ainda mais! Quem nunca passou por problemas familiares?
 Creio que "Poderosa" relata de maneira leve todo esse confuso universo adolescente, e tem uma leitura muito leve e de fácil entendimento.
 Você acaba se divertindo com as besteiras que a Joana faz, e torce para que tudo dê certo no fim.

Não sabia ao certo a extensão dos meus poderes, mas nos últimos das tinha conseguido salvar Joana D’Arc da fogueira, enfiar uma barata no decote de uma perua, jantar de graça num restaurante de luxo, salvar o casamento da minha mãe e despregar uma lagartixa do teto. 

 E vamos ser sinceros, quem nunca imaginou poder escrever o seu próprio destino ou mudar algo terrível do passado?
 O melhor de tudo é essa ligação direta com a vida real, apesar de fatos surreais, o que faz você se ver refletida nos personagens.
 Na insegurança da mãe, na inocência da melhor amiga, no carinho do novo namorado...
É tudo muito real.

Às vezes me sinto predestinada e divina, uma bruxa capaz de criar ou destruir com as palavras que joga no caldeirão. Mas nem tudo se resolve com bruxaria.

 Eu super indico esse livro! Seja para você que está começando a ler agora e quer uma literatura fácil e envolvente, ou até mesmo para quem está passando por uma ressaca literária. Eu hiper indico, porque como eu disse, a leitura é prazerosa e o livro é pequeno.
 Ler "Poderosa" é sinônimo de boas risadas, bons personagens e o melhor: é brasileira, e devemos dar uma chance para nossa literatura!



 Enfim, espero que vocês leiam e gostem, vão por mim, vocês vão adorar assim como eu.

Classificação


Nenhum comentário