[Resenha] Mais Escuro - E. L. James


Olá gente!

            Hoje vim contar para vocês o que eu achei de Mais Escuro a versão do Christian do segundo livro da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, vamos começar?

Sinopse: O relacionamento quente e sensual de Anastasia Steele e Christian Grey chega ao fim com muitas acusações e sofrimento, mas Grey não consegue tirar Ana da cabeça. Determinado a reconquistá-la, ele tenta suprimir seus desejos mais obscuros e sua necessidade de controle absoluto, e disposto a amar Ana nos termos estabelecidos por ela. Mas os horrores de sua infância ainda o assombram, e, como se não bastasse, o chefe manipulador de Ana, Jack Hyde, claramente a quer. Será que o terapeuta e confidente de Grey, Dr. Flynn, poderá ajudá-lo a enfrentar seus demônios? Ou será que a possessividade de Elena, sua sedutora, e a devoção perturbada de Leila, sua ex-submissa, vão arrastá-lo para o passado? E se Christian vai reconquistar Ana, será que um homem tão sombrio e cheio de problemas espera mesmo mantê-la?


Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 496

            Esse livro nunca foi uma prioridade na minha lista de leitura, para ser BEM sincera não estava querendo ler, mas acabou que surgiu a oportunidade e ele entrou na frente de vários outros livros, o motivo? Curiosidade. Mais escuro conta a mesma história de Cinquenta Tons Mais Escuros só que pelos olhos do Grey, o primeiro livro também tem a versão com essa ponto de vista, mas eu não lembro muito bem dele para resenhar. Enfim, decidi que esse seria o livro do Clube de Temas, depois de já está com uma resenha pronta percebi que gostaria de dividir com vocês o que eu achei dessa história e o Clube foi um incentivo poderoso.


            Como eu já disse, o livro conta a mesma história de Cinquenta tons mais escuros, mas com pequenas mudanças, como por exemplo, acompanhar Christian no trabalho e ver como é seu dia a dia, ver o que acontece quando ele fica sozinho com a Leila ou sozinho em seu escritório. Achei interessante ver alguns acontecimentos por outra perspectiva, saber o que de fato aconteceu em alguns momentos e saber o que o Grey estava pensando e sentindo, já que o personagem sempre foi muito fechado.

            Quem acompanha o blog e já leu minha resenha de Cinquenta Tons (AQUI) sabe que eu não sou muito fã da historia, mesmo assim me pego lendo os lançamentos, indo assistir a filmes no cinema (que por sinal saiu filme novo esse mês - resenha AQUI) e sempre dando uma nova chance para a autora. Um dia desses perguntei a uma amiga se eu era sadomasoquista por ler algo do qual não gosto e ela respondeu que eu preciso ler para falar mal, em parte concordo com ela, só posso fazer uma crítica a algo que conheço e é minha responsabilidade como blogueira e ser humano não sair julgando sem conhecer, mas por outro lado percebi que eu sinto esperanças na escrita da autora, sinto esperança dela desenvolver melhor o enredo, e a perspectiva do Grey tem muito potencial de exploração e pode nos proporcionar uma leitura no mínimo mediana.





            Como sempre fiquei um tanto decepcionada com a E. L. James, pois mais uma vez ela deixou a oportunidade de escrever um livro ótimo passar, como sempre ultrapassou a linha do sexy e algumas vezes me incomodou o tanto de cenas de sexo altamente descritivas que ela usou no livro, ok, é um livro erótico, mas ela abusa muito dessas cenas, a cada cinco passos sexo, um puta acontecimento, várias nuances e coisas para serem exploradas nessa nova POV e mesmo assim ela prefere escrever 70% do livro de cenas longas de sexo. Me senti incomodada de verdade com isso e olha que eu sou muito de boa com essas coisas.

            Mas como nem tudo foi ruim, devo ressaltar que é notório o amadurecimento na escrita da autora, o livro já não tem aquele ar de fanfic, alguns flashbacks foram de fato bem esclarecedores, mas ainda ficou tudo muito a margem, espero do fundo do coração que o último livro na visão de Grey explore melhor o passado dele já que tem uma ligação direta.



            Viram como eu tenho esperanças na autora? É que eu vejo potencial, ela apenas deixa tudo muito raso e usa o sexo com solução para qualquer dilema o que fica cansativo, repetitivo e deixa minhas bochechas vermelhas.     

            Ignorando os pontos negativos da narrativa a história realmente teve uma evolução, os personagens, os diálogos, as cenas não sexo, foram até bem trabalhadas. Para dizer a verdade às cenas eróticas vista pelo ponto de vista masculino e um pouco pervertido do Christian também foram interessantes pela mudança de perceptiva, fiz uma descoberta que pode passar despercebido por vocês, mas não vou falar já que podem considerar spoiler.




            Ler ou não fica a cargo de cada um de vocês, mas garanto que é uma leitura rápida e que ajuda há passar o tempo, além de gerar um pouco de expectativas por certos acontecimentos e vê-los por outros olhos. Em comparação com a trilogia principal o nível desse livro está bem superior, então realmente deixo a cargo de cada um decidir quanto a leitura

Classificação




            Essa leitura faz parte do clube de temas, então tratem de dar uma passada nos blogs participantes para conferir os livros escolhidos desse mês e a opinião das meninas. Eu já estou correndo para pegar varias dicas, pois como vocês já sabem eu adoro livro hot e esse mês está recheado de resenhas maravilhosas, confiram nos links abaixo.



LINKS


Mais Escuro – Blog: A menina que comprava livros
Alexander(Guarda-Costas Livro 1) – Blog: Alfarrábios Literários
A garota do calendário: Janeiro – Blog:  Faces de uma Capa
Sem Vergonha - Blog: Tell Me a Book
Enquanto Houver - Blog: Alfas Literárias
Ardente|Em Chamas - Blog: Manuscrito Literário
O Príncipe Corvo - Blog: Estante Diagonal 
Mais Escuro - Blog: The Best Words BR


Beijos e até a próxima!



13 comentários:

  1. Olá Thay, tudo bem?
    Eu gosto muito da trilogia, mas as versões do Grey... Li o primeiro e não gostei, então estou bem receosa com o segundo. A sua resenha só confirmou o que eu pensava, posso até ler um dia, mas não por agora.

    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Não li nenhum dos livros da série e nem vi os filmes, não sei, não tive interesse, e olha que já li muita coisa com bondage, mas sei lá.
    Espero que um dia você e a autora se deem melhor e ela pare de te decepcionar

    ResponderExcluir
  3. Se tem coisa que eu não tenho em relação a essa série é curiosidade, mas como não li eu não falou mal. Mas que bom que é uma leitura rápida e despretensiosa. Quem sabe um dia eu dou uma chance a autora.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Já vi criticas boas e outras nem tão boas assim sobre as versões do Grey, ainda não tive a oportunidade de ler, mas tenho muita vontade por se tratar de uma história que eu amo! Porém não vou com a expectativa muito alta por conta dessas criticas. Vamos ver o que vou achar!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. "Você precisa ler para falar mal" hahahha sinceridade por parte da amiga é tudo! Eu sei lá, acho que parei com essa autora quando ela finalizou 50 tons, pra mim a história tá fechadinha e não tinha necessidade pra esses livros do ponto de vista dele, sabe? Mas fico feliz em saber que ela amadureceu a escrita.

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Olha eu odiei o primeiro livro o 50 Tons mesmo, e depois dele nunca mais quis ver nenhum livro dela na minha frente, tenho uma amiga minha que ama as obras dela, mas eu passo longe, nem os filmes eu assisto, e se assisto é por pura curiosidade do que por gostar!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?!?! Confesso que esperava mais do ponto de vista do Grey.
    Mas confesso que não me surpreendi, a autora já não fez um bon trabalho no primeiro. Minha esperança é o terceiro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu li a trilogia de 50 Tons mas acho que a autora peca muito na sua história. Não sei se aguentaria ler essa por outro ponto de vista.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Mesmo tendo lido a trilogia e amado, não curti tanto o primeiro livro na versão do Grey,então não me animei para ler esse e nem sei se vou realizar a leitura.... Nem curiosidade estou sentindo, confesso!

    ResponderExcluir
  10. Oi Thayza!
    Eu não consegui da ruma chance para E.L. James, e juro que tentei! Comecei a ler 50 Tons umas três vezes e não consegui termina, além de concordar com você de que ela exagera nas cenas de sexo, também acho que ela faz uma confusão enorme sobre o que é BDSM e o que é tortura mesmo. Sem contar que a narrativa dela não me prende, achei maçante e repetitiva...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oiii, tudo bem?
    eu gostei bastante do primeiro livro da trilogia e tal mas ou outros dois não curtir, ai veio a versão do grey conseguir desgostar mais ainda, e olha que tentei ler um livro na versão do grey mas não rolou.

    abraços, José Marcos.

    ResponderExcluir
  12. Ta aí uma trilogia q não consegui terminar (a original), li o 50 tons de cinza mas as atitudes de Grey não me agradaram ,sei lá, então essa seria uma leitura bem difícil pra mim.

    ResponderExcluir
  13. Amei a resenha Thayza por sua sinceridade em dizer que não gosta do título.
    Relaxa eu também faço parte do clube "Eu não gosto de 50 tons"!
    Talvez essa versão narrada pelo Gray me convença a tentar ler novamente algum título dessa autora.
    Como não consegui ler comecei a pesquisar livros com a temática semelhante e acabei conhecendo a série In Flight da R.K.Lilley e amei a história porque é melhor construída que a trilogia da E.L.James.
    Li antes de criar o blog e ser lançada no Brasil, então não tenho a resenha no site. Tenta a sorte e depois me diz o que achou dessa trilogia.
    Bjus menina!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo