[Resenha] A Profecia Celestina - James Redfield



Olá galera!


            A resenha de hoje é sobre um livro inspirador, venham saber o que eu achei de A Profecia Celestina!



Sinopse: “Um antigo manuscrito é encontrado nas florestas peruanas, contendo nove visões que a humanidade precisa conhecer. Este é o ponto de partida de 'A Profecia Celestina', de James Redfield. A cada capítulo o leitor acompanha as aventuras de uma homem em busca da sua própria verdade. Seu destino é chegar no alto das montanhas dos Andes e compreender o significado contido nas nove visões anunciados num velho manuscrito peruano. Ao longo deste caminho, o leitor apreende e compreende cada uma dessas visões.”





Autor: James Redfield
Editora: Objetiva
Páginas: 263



O livro tem como foco um Manuscrito peruano que teria sido escrito por volta de 600 a.C em aramaico, assim como grande parte do Velho Testamento. É dividido em nove partes, chamadas de visões, que começam a ser alcançadas conforme se passa a ter consciência sobre elas.


Partindo da percepção das coincidências que ocorrem a nossa volta, outras questões são exploradas, como a relação de poder entre as pessoas, os fluxos de energia, o amor em sua forma mais pura e a influência dos pensamentos na realidade. Os mistérios da vida que sempre consideramos impossíveis são escancarados na nossa frente ao longo do livro.



Depois de uma conversa em que lhe é apresentado o que é o Manuscrito, o personagem principal parte para o Peru sem saber exatamente para que. Lá encontra pessoas e lugares que o ajudam a dar um sentido para si mesmo, é perseguido, é preso, questiona e vivencia sensações que nunca tinha imaginado.

A evolução espiritual é tratada como algo quase palpável, material. A narrativa é feita de forma que, a cada capítulo, você revive momentos da sua vida junto com os personagens e, conforme as visões vão sendo passadas, você acredita que aquilo é possível.


Eu gosto muito de acreditar no que os livros me dizem; de imaginar que aquele mundo ali criado realmente existe. E esse livro me fez sentir exatamente assim. Para quem gosta de livros que questionem a nossa vivência em sociedade com uma pontinha de mistério, bastante história e filosofia oriental, aproveitem muito!

                                         Classificação
                            

Beijos e até a próxima!





Um comentário

  1. Há cerca de mais de 20 anos atrás, fui ao encontro de uma pessoa que conheci através da internet. No meu caminho até esta pessoa, me deparei, durante o caminho até o encontro com esta pessoa, outras que estavam em suas mãos com este livro. No ônibus, sentada ao meu lado havia uma jovem lendo este livro. Ao descer do ônibus em frente a uma livraria, este livro estava em destaque na prateleira. E, ao chegar ao encontro desta pessoa, ELA ESTAVA COM ESTE LIVRO EM MÃOS. Fiquei curioso para entender a razão de tudo isto.. mas.. acabei deixando para trás. Esta pessoa a quem fui ao encontro, não a vi mais desde aquele dia. E hoje me deparei com o filme e comecei a repensar sobre tudo isto. O que será?

    ResponderExcluir