[Resenha] Orgulho e Preconceito - Jane Austen



Olá gente!

            Hoje vamos voltar no tempo e conversar sobre o clássico Orgulho e Preconceito.


Orgulho e Preconceito

Sinopse: Poucos romancistas conseguiram transmitir as sutilezas e nuances de seu próprio meio social com a inteligência e a perspicácia de Jane Austen. Em Orgulho e preconceito, ela nos presenteia com personagens memoráveis, como a jovem Elizabeth Bennet, que se julga desprezada pelo rico e orgulhoso Mr. Darcy, e começa a se interessar pelo militar Wickham. Nesta comédia de costumes, a escritora inglesa mostra os perigos do julgamento à primeira vista e evoca as amizades, fofocas e vaidades da classe média provinciana. Com mais de 20 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, Orgulho e preconceito tornou-se um dos romances mais populares da literatura.






Autora: Jane Austen
Editora: Nova Fronteira 
Páginas: 376



            Eu sempre quis ler algo da autora, sou apaixonada pelos filmes adaptados de suas obras (menos Emma que ainda não assisti) e gosto muito de todo o enredo, então no final de 2017 coloquei como meta de vida ler Orgulho e Preconceito e estou aqui hoje para dizer EU LI JANE AUSTEN.


            Pensei que iria tirar de letra, afinal adoro o filme, mas não foi bem assim que aconteceu. Eu senti uma dificuldade tremenda de engrenar na história, me arrastei por semanas e fiquei com uma ressaca literária nada saudável após a leitura. A culpa é do livro? Não, a culpa é minha que não consigo me adaptar a forma da narrativa e linguagem, mas esse fato não tira em absoluto a beleza da história e sua genialidade.

            A história narra os costumes, limitações, preconceitos e modo de vida do século XVIII. Como não se trata de um livro pesquisado e sim de vivencia tudo descrito na narrativa é mais intenso e podemos sentir na pele como era a época retratada. Esse é um livro que não trata apenas de um romance atemporal e encantador, trata de preconceito velado, da arrogância dos ricos, do desdém e dos julgamentos daqueles que se achavam melhores que os outros por terem o que tinham ou porque agiam de certa forma sempre presando a hierarquia.



            O título do livro tem tudo a ver com a história em si. Podemos pontuar Mr. Darcy como o homem mais orgulhoso da literatura e bem preconceituoso, seu dinheiro o fazia exigente ao extremo e muito crítico, quando comecei a leitura, logo nas primeiras páginas peguei um ranço dele que Jesus, pois mesmo já conhecendo e sabendo como de fato é o personagem e que eu ia me apaixonar por ele (de novo) não tem como simpatizar com ele no começo, pelo amor, que homem mais arrogante. Elizabeth não fica atrás dele quando o assunto é orgulho, a menina é orgulhosa que só e algumas vezes pisa no próprio coração por causa dessa característica defeituosa em sua personalidade, no mais a personagem é maravilhosa, se eu já amava apenas pelo filme imaginem agora, tão decidida, boa, generosa e amável (com quem merece), não tem como não se encantar e torcer muito por sua felicidade e do Mr. Darcy também.

            Não preciso ficar aqui falando do livro e sua história porque todos já conhecem e se não conhecem corram, mas corram muito para tirar o atraso.


 

            Existem inúmeras edições dessa história, disponibilizadas por diversas editoras diferentes, com diferentes capas, acho que formas de tradução, etc. Eu tenho duas versões, uma eu comprei na Bienal de 2017, bem baratinha, eu comprei para me forçar a ler, mas não é uma edição notória, então quando eu recebi de cortesia a edição Clássicos de ouro da editora Nova Fronteira, que é um LUXO, morri de amor na hora, capa dura, acabamento impecável, fonte, letra e espaçamento confortáveis, folhas amarelas e grossinhas, realmente é uma edição maravilhosa, eu já disse que é um Luxo neh?!  Enfim, só de pegar o livro já dá vontade de ler, eu sou muito visual confesso, então a apresentação desse livro ganhou muitos e muitos pontos, pois no fim a história acaba sendo a mesma, mas a beleza da obra como um todo conta, lembrando que a editora ainda tem um boxcom Orgulho e Preconceito, Emma e Razão e sentimento que tem uma ilustração de capa maravilhosa, Nova Fronteira quer me leva a falência, não é possível

            Fugindo rapidamente do assunto livro, mas continuando em Orgulho e Preconceito, vale lembrar que o livro foi adaptado e o filme se encontra na Netflix e é muito bom. Se não bastasse isso a Rede Globo está produzindo uma novela inspirada (repito, INSPIRADA) na obra de Jane Austen, eu assisti até agora quatro capítulos e estou gostando bastante, só o nome da protagonista que é meio “blá”, mas isso não é importante no final das contas. Percebi que tem algo de Emma nessa novela também, então parece ser uma pedida bem bacana, mas vão sem pré-conceitos, sem medo e se joguem, lembrando sempre que não estão estragando nada, acredito que estão homenageando e levando a ideia e o conceito para a massa o que só faz bem, quanto mais curiosidade, mais procura e mais pessoas se encantando pela história original e sendo inseridas no mundo da leitura.


            É isso, foi complicado, foi demorado, mas eu amei ter lido, estou muito orgulhosa de mim, mas devo dar um tempo de clássicos por um tempinho. Sendo assim fica aqui a minha mais sincera indicação, leiam Orgulho e Preconceito, conheçam a história, tenho certeza que vão amar.


Classificação


O livro foi cedido pela editora 
em um evento realizado pela Aliança de blogueiros do Rio de janeiro




Beijos e até a próxima!




17 comentários:

  1. Também li Jane Austen pela primeira vez recentemente, mas me apaixonei não só pela escrita, mas pelos personagens e pela carga da época que já era bem revolucionária pra Lizzie né? Quero muito ler outros da autora <3

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  2. Esse é um clássico que me envergonho de não ter lido ainda, com certeza assim que tiver a oportunidade lerei!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Orgulho e preconceito é um clássico que já li e reli e amo.
    A escrita da autora é fantástica, assim como a ambientação e a característica de cada personagem.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Eu vejo alguma coisa ou outra da novela e acho adorável mas este ainda não li e não sei se um dia vou ler porque vi o filme também, mas tenho outros da autora para ler e quero ler porque acho a escrita dela linda.

    ResponderExcluir
  5. Oi Thayza tudo bem? A minha edição preferida é a da Martin Claret, amo a capa <3 Eu gosto bastante da Austen e fico feliz por terem tantas adaptações! Ainda não consegui conferir a novela que é inspiração da obra, mas parece ser bem legal tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ser um clássico, ainda não li a obra e nem assisti o filme!! É bom saber que existem várias adaptações! Quanto à novela, só vi um capítulo até agora. Que bom que a leitura a agradou mesmo sendo complicada!

    Beijo,

    Cidália.

    ResponderExcluir
  7. Acho que esse é o meu livro favorito da autora, embora eu adore Emma também. Já li duas vezes e a primeira foi bem demorada, mas depois a gente se acostuma e pega o sentimento que a autora queria transmitir.
    Mas não se afaste dos clássicos não, tem muita coisa boa te esperando para ser lida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Oi! Orgulho e Preconceito. O que dizer? Não consigo definir muito bem o sentimento que tive na primeira leitura. Me apaixonei por tudo e por todos os personagens que Jane criou, e por fim me apaixonei pela própria autora. Este livro não trás somente uma linda história de amor, mas tantos outros relacionamentos, como de família e amizade. O filme é tão lindo quanto, porém a novela eu não assisto, e não posso opinar. Mas os clássicos são maravilhosos!

    Bjoxx – http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, adorei a resenha e tenho vergonha de dizer que ainda nao li nada dela. Agora com a novela estou mais propensa a ler em breve, pois tem sempre um lembrete rs.
    Bjs
    Tell me a Book

    ResponderExcluir
  11. Oi Thayza!

    Tudo bem? Ahhhh Orgulho e Preconceito <3 <3 <3 simplesmente o meu clássico favorito. Amo tanto esse livro que tenho inclusive mais do que uma edição dele aqui em casa. O que eu posso fazer? Sr. Darcy foi meu primeiro crush literário clássico. Senhor como não amar esse homem?

    Que pena que você não achou o livro tão perfeito assim, mas entendo a dificuldade e espero que você continue se aventurando pelo universo da Jane Austen que, aliás é maravilhoso!

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa aou apaixonada pelo filme é um dos meus preferidos, e setou louca pra ler o livro, acho que um dos romances que não me cansaria de ler viu, ja quero pra mim esse livro, já esta na minha lista. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu sempre quis muito ler algo dessa autora, mas sabe que tenho medo de não gostar? hahahaha Vou procurar uma edição bonita assim, pra ver se me animo. E sobre a adaptação dos livros na novela, eu acho demais! Espero que faça com que as pessoas queiram conhecer as obras.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Thay!
    Orgulho e Preconceito é uma das minhas obras preferidas da Jane Austen, mas eu te entendo e até sou como você em questão da linguagem dos clássicos e é por essa questão que infelizmente, eu não leio tantos livros nesse estilo :/
    Adorei a sua resenha!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  15. Oiii, tudo bem??

    Amo tbm o filme e fiz a leitura do livro semana passada. É uma pena que não tenha rendido bem. Como ouvi em audio book minha experiencia foi diferente e foi maravilhosa. Achei bem parecido com o filme.
    Adorei a sinceridade e a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  16. Olá Thayza, tudo bem?
    Eu ainda não assisti as adaptações desse livro, mas já li os livros duas vezes. A primeira delas foi em inglês e eu não curti NADA, a segunda foi em português e, apesar de ter demorado um pouco para me adaptar à história, eu consegui me envolver com os personagens e seus dramas. Também precisei dar um tempo de clássicos quando o li :(
    Gostei da sinceridade que você colocou na sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Como não amar este livro ?como não amar a forma como a autora escreve ? Todos os personagens sao encantadores e apaixonantes. Orgulho e Preconceito, é um livro cheio de momentos marcantes, e avassaladores. tenho várias edições aqui, e a história sempre tem um tom nostálgico. Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo