[Resenha] Série - Lúcifer

 Olá gente!!

            Quem ai estava com saudade de falar de série? Eu estava cheia de saudade, além disso, estava louca para vim indicar para vocês aquela série que divide opiniões. Afinal, é pecado ou não ser apaixonada pelo diabo? (Aqui as tias fazem o sinal da cruz e dizem “menina para de falar besteira”) Vem conferir o que eu acho da série Lúcifer.


Sinopse: A série se desenvolve ao redor de Lucifer Morningstar, que está entediado e infeliz como o Senhor do Inferno. Ele renuncia seu trono e abandona seu reinado para tirar férias em Los Angeles, onde dá início a uma casa noturna com a ajuda de sua aliada demoníaca chamada Mazikeen. Depois que uma celebridade a quem Lucifer ajudou a alcançar a fama é assassinada, ele se envolve com a polícia de Los Angeles, onde começa a ajudar a Detetive Chloe Decker a resolver casos de homicídio e encontrar os responsáveis para que possa "puni-los".

 Informações
Gênero: Drama, Ficção/Fantasia
Canal original: FOX
Ano de lançamento: 2016
Temporadas: 3 Temporadas
Status: Continuação
Onde assisto: Netflix e Series para assistir online

Personagens Principais

Lúcifer Morningstar (Tom Ellis) – Bonito, encantador, espirituoso e plenamente consciente disso, Lúcifer tem um ar de suprema confiança (às vezes, pura arrogância), que é devido em parte aos seus vastos poderes sobrenaturais, como sua indestrutibilidade, imortalidade e sua habilidade e fazer os humanos contarem seus maiores desejos para ele. Por isso, sempre tem certeza de sucesso em qualquer coisa que faça, independentemente de qualquer obstáculo que esteja em seu caminho, e não tem medo de nenhuma consequência.



Chloe Decker (Lauren German) – Chloe é uma policial muito orgulhosa de seu trabalho. Isso faz dela exatamente oposta a Lúcifer, ela constantemente o repreende por seus métodos e comportamentos pouco ortodoxos. Devido à sua ceticismo em torno do caso Palmetto, ela é impopular em seu departamento e tem poucos amigos.

Amenadiel (D. B. Woodside) – Amenadiel é um anjo forte. Ele é extremamente leal ao seu pai, Deus. Ele sempre mostrou grande determinação para completar qualquer tarefa que seu pai atribuía a ele, e a missão agora é levar Lúcifer de volta para o inferno e ele não mede esforços para isso. A princípio ele não tem remorso, mas quando percebe as consequências de suas ações se sente culpado e procura fazer o bem.
 


Mazikeen (Lesley-Ann Brandt) – Mazikeen era um dos torturadores mais condecorados do inferno, herdando uma compostura e um senso de humor bastante sádicos. Ao contrário de Lúcifer, ela preferia sua posição no inferno, ficando insatisfeita com a Terra e com o fascínio que Lúcifer tem com os humanos.




Minha Opinião
            
         Pensem em uma pessoa completamente apaixonada por Lúcifer, essa pessoa sou eu. Tenho mania de ver as séries que vão estrear na temporada e quando me deparei com o nome dessa série em uma lista e já fiquei em cólicas para começar logo. Só para vocês entenderem, eu assisti ao piloto que a FOX jura de pé junto que vazou, mas eu não levo muita fé nessa informação e acho que o episódio foi liberado antes para ver a reação do público. Enfim, eu assisti antes da estreia oficial e me apaixonei, hoje assim que sai um novo episódio corro para assistir.

            Lúcifer é muito diferente do que eu achei que seria, esperava mais mitologia e poderes, porém, me deparei com uma série policial, leve, com um humor extraordinário e com personagens cativantes. O tom da série é espetacular, essa produção não ofende e nem defende nenhuma religião, mas faz uma crítica extremamente pertinente quanto a culparmos o diabo por tudo, quando na verdade se trata de nossas escolhas o tempo todo.  Acho que por se encaixar muito com a maneira que eu enxergo a vida facilitou a minha conexão com a história. Lúcifer é o tipo de série cheia de discussões interessantes que são tratadas com muito tato e bom humor.

            O que falar do Diabo? Ele é completamente narcisista, luxurioso e muito engraçado, sempre mistura o que está se passando na sua vida com o trabalho na policia e sempre distorce o que a terapeuta dele diz. Morro de rir, mas quando o tom está para o drama meus olhos chegam a encher d’agua de tão bem executadas que são as cenas. Tom Ellis é perfeito para o papel, não consigo imaginar outro Lúcifer Morningstar.

            É difícil escolher um personagem de quem gosto mais, adoro a Chloe, seu senso de justiça, foco e independência fazem da personagem uma mulher admirável, além-claro do “mistério” dela ser imune aos poderes do Lúcifer. Mazikeen é maravilhosa, a personagem enfrenta uma jornada de autodescoberta e essa jornada nos rende muitas risadas, Mazi é uma personagem incrível e tem um crescimento muito legal dentro da história. Já Linda é a terapeuta mais legal que você respeita, seu pecado é a luxúria, mas com o tempo se torna peça importante nessa série, tremendamente leal e amiga é uma pessoa que se pode contar, arrisco dizer que ela é indispensável para evolução do Lúcifer.

            A princípio, Amenadiel e Dan são uns pés no saco, mas com o passar da série vão ganhando destaque. A partir da segunda temporada eu comecei a gostar bastante deles e compreender um pouco suas características. Todavia o troféu de queridinha fica mesmo por conta da Trixie, filha da Chloe, uma menininha muito esperta que aparece pouco, mas quando da o ar da graça é sucesso na certa, sua interação com o Lúcifer é hilária e muito bem entrosada.

          É isso, eu recomendo muito essa série, hoje é uma das minhas preferidas. Seu tom, sua história, fotografia, construção de personagens, absolutamente tudo é bem feito, porém é uma série que exige uma interpretação desprovida de religião, não digo que você não pode ter uma para assistir, só estou dizendo que não dá para assistir se pegando com o que aprendemos a vida toda, o importante é levarmos em conta que se trata de ficção e que é entretenimento, assistir ou não assistir não faz de ninguém pecador ou santo. No mais, aproveitem que a primeira temporada está completinha na Netflix e entre para o clube dos apaixonados por Lúcifer Morningstar, eu vou indo porque a terceira temporada me espera.

Promo


Beijos e até a próxima!



7 comentários:

  1. Olá Thayza, tudo bem?
    Meninaa eu não sei se é pecado, mas estou completamente apaixonada por ele kkkkk.
    Comecei a assistir por indicação da Vivi Sophie e devirei as duas primeiras temporadas. Estou no aguardo da terceira que só tem alguns capitulos lançados e confesso ue estou desesperada kkkk.
    Amei a sua critica, parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Confesso que a temática dessa série não me chama muita atenção, mas vejo tantos elogios que fico curiosa para pelo menos conferir, e fora que o protagonista é maravilhoso!!!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Lucíferrrr <3 Eu me sinto tão pecadora por gostar tanto do diabo. Essa conquistou demais, ainda tô na segunda temporada, mas comecei um dia desses né, to devorando hahah Amo
    www.livrosenerdicesblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei a assistir recentemente e estou amando.. Não é uma serie clássica é bem divertida!
    adorei o post
    Levando a Sério

    ResponderExcluir
  5. Oi Thayza, tudo bem? Eu já havia visto relapsos da série pelo youtube, mas não sabia exatamente como era a historia, você me deu uma "luz" com a resenha, achei engraçado o fato do rei do inferno não querer mais o trono e mais engraçado ainda ao saber que ele agora está bancando o justiceiro, os personagens que você me apresentou me chamaram atenção e fiquei com vontade de conhecer a filha de Chloe, além de conferir o humor que você diz estar presente na séria.

    Abraços,
    Camila.

    Blog Próxima Página
    FACEBOOK
    TWITTER
    INSTAGRAM

    ResponderExcluir
  6. Oiê! Eu me estremeço toda vez que vejo alguém falando que ama o Lucifer, apesar de saber que é piada. Meu irmão assiste a série e gosta bastante, ele inclusive já me falou dessa crítica sobre as pessoas culparem o diabo por tudo de ruim que lhe acontecem e eu concordo com isso. Mas não consigo me interessar pela série e nem evitar o incômodo pela forma como pintaram o diabo. Mas talvez tenham feito isso de forma bem apropriada, afinal seu objetivo não é seduzir e enganar?! Essa forma certamente é mais atraente do que a conhecida caricatura vermelha e com chifres...
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Confesso que amo a série por conra do do Tom Ellis hauihaiha
    Não sei se outro ator manteria esse meu amor pela trama.
    A terceira temporada está maravilhosa *_*

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo