[Resenha] Adastreia - Isabela Mião

 Olá gente!     

            Trago para vocês hoje a resenha de Adastreia da autora parceira Isabela Mião. Para saber mais sobre a autora clique AQUI e confira a biografia de apresentação.


Sinopse: Nem todos os momentos de nossas vidas são previsíveis. Existem aqueles que chegam e nos pegam desarmados, pois apesar de serem inesperados, são inevitáveis.E isso não foi diferente para a jovem Alecto. Filha ilegítima de Ana, Duquesa da Prússia e um amante de sua juventude, Alecto leva uma vida normal e dentro dos padrões da corte prussiana de 1494, sendo uma jovem dócil e de acordo com os modelos da sociedade. Porém, no seu aniversário de dezesseis anos, um fato que sua mãe escondeu dela sua vida toda vem à tona, fazendo com que a vida da jovem moça e todos a seu redor se transforme de tal maneira que nunca mais virá ser a mesma. Um livro cheio de romances, intrigas e descobertas pessoais, Adastreia é uma leitura transporta seu leitor por grandes aventuras pelo Sacro Império Romano Germânico de 1494.

Autora: Isabela Mião
Páginas: 284
Editora: Independente


Uma coisa que podemos falar sobre Adastreia é que esse livro foi bem ambientado, conseguimos sentir na pele as diferenças de época e pensamentos é visível o envolvimento da autora na construção histórica de seu romance. Eu já li alguns romances de época na minha vida, porém, mesmo assim eu achei algumas coisas bem chocantes e me senti um pouco incomodada com algumas atitudes, mas não seria natural eu aceitar tudo, afinal vivo uma realidade completamente diferente, em uma época completamente diferente.



         Não sei se foi à intenção da autora, mas eu peguei uma antipatia da Duquesa Ana, achei a personagem egoísta ao extremo, não se importa com nada nem ninguém, apenas com o que lhe interessa mesmo que exponha seus filhos a um papel ridículo, que separe sua família e que magoe a pessoa que sempre a ajudou. Sinceramente achei a personagem uma mulher horrível e não consegui sentir empatia em nenhum momento. 

         Alecto é o centro das atenções, uma menina boa, inteligente e amável, gostei de seu espirito livre e seu amor pela família. Uma personagem realmente cativante, inclinada para as artes e superprotegida pelo irmão Richard. Que por sinal é um personagem forte, marcante e se querem saber muito injustiçado. Mesmo Alecto sendo a protagonista e outros personagens terem destaque na história, Richard é que tem a melhor história, seu núcleo promete reviravoltas e muitas emoções, de longe esse foi meu personagem preferido da narrativa e eu torço muito por ele.



         Adatreia é um livro curtinho, narrado em terceira pessoa e acompanha alguns personagem, as histórias desses personagens se encontram no aniversário da Alecto e muitas descobertas prometem abalar as estruturas dessa família. A meu ver o livro é sobre família, segredos e entrega, achei a premissa muito boa e mesmo tendo me decepcionado com o desenvolvimento da narrativa e com as atitudes de alguns personagens espero realmente que a história siga por um caminho que me agrade, mesmo com clichês e arcos previsíveis, o que eu espero é um amadurecimento real da narrativa, pois como eu já disse a ideia é muito boa só precisa ser melhor trabalhada.

     Isabela soube aproveitar a ambientação e é nítido sua pesquisa sobre os costumes, vestimenta, comportamento e etc... A escrita da autora é boa e ela não fica enrolando com os acontecimentos, nada de mimimi e choradeira, ela escreveu uma história fluida e muito rápida de se ler, características que me agradam muito em uma leitura.




        No mais fica aqui meu agradecimento para confiança e parceria, e meus votos de muito sucesso para a autora!



Classificação



Esse livro foi cedido pela autora em forma de parceria

Beijos e até a próxima!!

13 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa para ler. Essa coisa de a autora pesquisar sobre o ambiente faz com que nós, leitores, nos sintamos muito mais "dentro da história". Adorei a resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que titulo diferente!
    Eu não tô muito na vibe de ler romance e sua ressalva não me deixou animada!
    Parabéns pela resenha super sincera o que só nos traz confiança.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Li poucos livros de romance de época, mas os que li amei. E Amoo quando o autor capricha desses detalhes sobre a ambientação, como se estivéssemos vivenciando tudo com os personagens. Não conhecia o livro, mas amei a resenha

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Então, sinceramente achei estranho algumas coisas, esse título, o nome da protagonista (lendo para mim parece de menino rs), e a capa. Mas talvez seja por não estar acostumada. Gostei da premissa da história e de ela ser fluída. Então estou dividida rs, quem sabe mais para frente dou uma chance.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro e nem tinha lido nada a respeito dele, por isso a resenha foi muito bem vinda pois gosto do gênero. Só pelo que você falou da duquesa já peguei implicância dela também.
    Dica anotada.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Isso é exatamente o que me atrai em romances de época: costumes e comportamentos totalmente diferentes dos atuais. Sem falar das vestimentas. Também achei a capa impactante.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  7. Olá. Meu problema em ler histórias de época é o autor não fazer pesquisas, digo pelo fato de querer fazer um livro passando numa época passada mas colocar palavras ou elementos de agora ( o que não faz sentido nenhum), mas leio quando tem uma boa indicação, vou anotar a dica para uma leitura futura.
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Eu acho um desafio escrever livros de época, por todo esse trabalho de pesquisa, que precisa ser muito bem feita. E que bom que nesse livro a autora foi feliz com a ambientação, costumes e vestimentas. A história parece ser instigante também. Vai ter continuação? Espero que seja um sucesso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, ainda não conhecia esse livro. Achei interessante ele abordar uma época da quela conheço pouco, mas acabo preferindo os livros de romances da época vitoriana. Quem sabe eu o leia futuramente, né?!

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Acho que o fato de a pesquisa ser bem feita já é meio caminho andado para o livro ser bom. Li um livro recentemente que a ideia era muito boa, mas faltou um pouco de organização na hora de escrever.
    fiquei interessada pela leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu não conhecia a obra nem a autora e achei a premissa bem interessante. Gostei muito de conferir a sua opinião sincera sobre a obra e fiquei curiosa, parece ser uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  12. Oiii Thaysa tudo bem?
    Que demais essa resenha menina, eu definitivamente não conhecia esse livro e fiquei bem interessada em ler, ainda mais por ser de época, dica anotada e linda essa edição.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. legal que a autora deixa perceptivel na narrativa as pesquisas que ela fez pra ambientar melhor a história... mas particularmente eu nao aprecio romances de época... para os fas do gênero,deve ser uma leitura empolgante...
    bjs...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo