Pandora tinha todo o seu futuro planejado, e nele não constava um marido. Acontece que mesmo com o apoio de sua família, o destino tinha outros planos para ela...


Sinopse: Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.

Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.
Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.
Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar.


Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 302


     Neste terceiro livro, somos apresentados a Pandora, uma das gêmeas Ravenel. Pandora é uma empreendedora, gosta de criar jogos de tabuleiro e seus planos são de criar uma linha de jogos e consequentemente sua própria fábrica de jogos. Para isso ela tem todo apoio de sua família que a incentiva e compreende sua necessidade de ser independente, ou seja dona de seu próprio negócio e sem um marido para interferir em seus planos, mesmo que isso acabe prejudicando a imagem da família.

           "- Exatamente. Aconteça o que acontecer, nós, Ravenels, permaneceremos leais uns aos outros. Nunca sacrificaremos um dos nossos em benefício do restante."

      Por isso, apesar de comparecer aos eventos sociais da temporada, Pandora não faz muita questão de socializar e evita a todo custo dançar. Mas o que ela não consegue  é deixar de ajudar uma amiga. E, é em um destes momentos que Pandora se encontra em uma situação comprometedora com Lord St. Vincent . Situação esta que acaba  por arruinar todos os planos feitos por si.

     Gabriel, o Lord St. Vincent, é filho de um querido casal de uma outra série da autora, St. Vincent e Evie, do livro Pecados de inverno. Este Crossover nos permite visualizar a família que este adorável casal construiu, além de poder matar a saudade da delicia que é a relação de St. Vincent com Evie além de poder acompanhar os pais maravilhosos que eles se tornaram.



            Ao serem pegos em uma situação aparentemente comprometedora, Gabriel logo enxerga a necessidade de agir corretamente e  propõe casamento a Pandora, mas, a mesma se recusa veementemente a aceitar tal proposta, pois isso a tornaria propriedade de seu marido, algo que ela abomina. Pandora é uma mulher a frente de sua época, quer ser uma empresária, comandar seu próprio negócio e se interessa pelo movimento sufragista da época. Gabriel por sua vez, se encanta pela alma independente de Pandora e decide fazer o que for possível para que a mesma se case com ele. Para isso ele precisa provar que a respeita, a  apoia e que não deseja mudá-la.

"Ele não estava preparado para aquela moça, para aquela sensação, para aquela certeza exasperante de que talvez não acabasse ao lado da única pessoa de quem precisava estar."

       Neste livro continuamos a acompanhar as sequelas da educação negligenciada que as Ravenels sofreram na infância e de como isso afetou negativamente suas vidas adultas ditando muito o futuro de suas relações. Pandora não é relutante ao casamento apenas devido a sua independência, mas também por não se julgar adequada ao papel que teria que desempenhar como esposa de St. Vincent.

"Você quer discutir o assunto, e sei que, se fizermos isso, você terá bons argumentos e fará parecer que não estou sendo razoável. Mas nunca poderemos ficar juntos. Alguns problemas nunca serão resolvidos. Algumas coisas ao meu respeito nunca poderão ser consertadas. Casar-se comigo seria um acordo tão impossível para você quanto para mim."

     Por fim, a autora, neste livro nos apresenta a um novo personagem que, ao que tudo indica terá um papel muito importante para a família Ravenel, mal posso esperar para conhecer mais sobre ele bem como sua história. Este foi mais um livro impossível de não se apaixonar. Os Ravenels estão, livro após livro, se tornando a minha série preferida da Lisa.



Deixe um comentário