Quer alcançar um equilíbrio financeiro e não sabe por onde começar?

Que tal começar aprendendo a como lidar com o seu dinheiro.
O fracasso financeiro de uma casa tem muito a ver como o casal administra sua renda. 


“Um dos maiores detonadores de brigas entre o casal são as dificuldades financeiras. Faltou dinheiro para pagar as contas? A culpa recai sobre o parceiro esbanjador, que não quer nem saber se havia saldo no banco na hora de fazer alguma compra. Sobrou dinheiro no fim do mês? Em vez de comemorar, o casal pode arranjar mais um motivo de discussão sobre como investir ou gastar aquela quantia. Para Gustavo Cerbasi, a causa desses desentendimentos é a falta de conversa sobre dinheiro entre o casal. Em geral, só se fala sobre o assunto quando a bomba já estourou. E, como não discute a questão a dois, a maioria não faz um orçamento, não guarda dinheiro para atingir suas metas (ou, pior ainda, cada um tem seu objetivo, que o outro não conhece), não tem planos para a manutenção de seu padrão de vida no futuro, toma decisões de compra sem refletir, investe mal o dinheiro que eles suaram tanto para ganhar. Tem jeito? Sim, é possível mudar se houver vontade e compromisso do casal, seja qual for seu orçamento. Com sugestões para casais em qualquer fase do relacionamento, dos namorados aos casais com filhos adultos, este livro mostra diferentes estratégias para formar uma parceria inteligente, ao longo da vida, na administração das finanças da família. Este best-seller, que já vendeu mais de 1 milhão de exemplares, inspirou o filme Até que a sorte nos separe e transformou a vida de milhões de pessoas, vai ensinar você a fazer sobrar dinheiro para dar uma incrementada no seu relacionamento.”

Autor: Gustavo Cerbasi
Páginas: 165
Editora: Sextante

Um livro de Gustavo Cerbasi, um especialista em finanças e que por sinal entende bem do assunto. É um livro que apesar das inúmeras utilizações de termos técnicos, não é nenhum bicho de sete cabeças, pois ele explica tudo direitinho e de uma maneira bem prática esses termos.

"Uma vida planejada e com objetivos é mais feliz."

O título do livro pode até dar a entender que se trata de uma leitura para casais, ou para quem já é casado, ou namorados, mas vai muito além disso, pois até mesmo quem não está num relacionamento não se decepcionará com a leitura. O Gustavo explica a importância de um planejamento financeiro ao logo da vida, e que são atitudes diárias que podem fazer a diferença lá na frente.



Aos casais, não se preocupem, pois, o Gustavo tem sugestões para qualquer tipo de vida. Planejam ter filhos? Querem comprar uma casa? Já tem os filhos? Vão casar? Popança mensal? Planos de previdência? TEM TUDO SIM! Cá entre nós, só não se educa financeiramente quem não quer.

"Não quero criar a ilusão de que um bom planejamento financeiro eliminará os problemas de sua vida. Imprevistos ocorrem. Pode surgir alguma doença grave na família, um acidente que invalide alguém para o trabalho ou a quebra de contratos do governo em relação à aposentadoria, entre outras coisas. Fiquem à vontade para interromper a leitura e bater na madeira três vezes. Independentemente do tipo de imprevisto que surgir, estará melhor a família que tiver reservas financeiras."

Não é a primeira vez que publico sobre finanças aqui no Blog, o ano passado eu contei um pouquinho para vocês sobre o “ME POUPE! 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso" da Nathalia Arcuri. A gente precisa falar sobre dinheiro e principalmente saber falar dele, aí sim nós vamos começar a se entender com ele educadamente.

"É notório o fato de que, para enriquecer, é preciso aprender a gastar. Sua riqueza não depende do que vocês ganham, mas sim de como gastam. Se, com uma renda baixa, vocês conseguirem construir com dignidade um padrão de vida saudável e feliz, conscientes de que não poderão mantê-lo no futuro, estarão em situação bem melhor que executivos que ganham rios de dinheiro mas gastam tudo para manter um nível de vida elevado e ficam à beira de um enfarte quando têm o emprego ameaçado."

Esse é a minha primeira leitura do Gustavo Cerbasi, mas não será a última, pois ainda tenho muito o que aprender com ele. Enquanto a vocês? Deveriam fazer o mesmo! Ou vão continuar nessa bolha de uma vida financeira mal planejada.

Dica: Se você está num relacionamento, sugiro que leiam juntos, logo vão perceber que os protagonistas do livro são vocês. E mesmo que você pense: “Ahhh, mas eu nem sei se estarei com essa pessoa daqui a 1 ano ou 1 mês.” Não interessa, os dois vão aprender, e poderão levar o conhecimento para vida de vocês.

Curiosidades: O livro do Gustavo Cerbasi serviu de inspiração para o filme “Até que a sorte nos separe.”

Deixe um comentário