Já se sentiu inferior por falta de autoestima?
    Céu sem estrela é um livro que retrata bem esse problema.

    Cecília foi demitida no dia do seu 18° aniversário, como se já não bastasse diversos outros problemas, mais um acabara de nascer.  O livro traz a concepção de Cecília e de Bernardo que se apaixonam e ao mesmo tempo precisam ultrapassar as barreiras do medo e da insegurança.


Sinopse: Cecília acabou de completar dezoito anos, mas sua vida está longe de entrar nos trilhos. Depois de perder seu primeiro emprego e de ter uma briga terrível com a mãe, a garota decide passar uns tempos na casa da melhor amiga, Iasmin. Lá, se aproxima de Bernardo, o irmão mais velho de Iasmin, e logo os dois começam um relacionamento. Apesar de estar encantado por Cecília, Bernardo esconde seus próprios traumas e ressentimentos, e terá de descobrir se finalmente está pronto para se comprometer. Cecília, por sua vez, precisará lidar com uma série de inseguranças em relação ao corpo — e com a instabilidade de sua própria mente.








Autora: Iris Figueiredo
Editora: Seguinte
Páginas: 360


    A relação de Cecília com a mãe é complicada, a mãe a trata com descaso e está sempre ao lado do padrasto, ao invés de apoiar a filha. Seu grande apoio é a sua avó, é dela que saí os melhores conselhos.



“Parte de mim sabia que era irracional, mas a outra repetia o mantra: Você é gorda. Você é feia. Você come feito um animal. Ninguém te acha legal. Ninguém te acha bonita. Ninguém te acha interessante. Nem seu pai gosta de você.”

    
    Após uma briga com a mãe, Cecília sai de casa e vai morar com a melhor amiga, Iasmin, que apesar de muito diferentes a afinidade das duas é algo inabalável. É exatamente aí que Bernardo “entra em cena”, ele é irmão de Iasmin e por se tornarem tão próximos ao decorrer dos dias os dois acabam se apaixonando. O problema é que Bernardo esconde uma série de traumas e ressentimentos referente aos seus relacionamentos passados, e Cecília uma série de problemas com sua autoimagem e seus transtornos mentais.





    Trata-se de um livro Nacional, seus capítulos são intercalados entre as narrativas de Cecília e de Bernardo, um romance repleto de cumplicidade, em meio a infinitos conflitos internos pessoais de cada um. É importante ressaltar que o livro também trata de um problema muito comum, a gordofobia e a depressão, nos fazendo refletir sobre assuntos que infelizmente são poucos comentados nos dias atuais.

 – Não existe um céu sem estrelas, Cecília. Mesmo quando estão cobertas pelas nuvens, ainda estão lá. A gente só não consegue enxergar.– É como a esperança – ela comentou, pensativa. – Sempre existe uma saída, mesmo que a gente não consiga enxergar. 
    
    Cecília tem um transtorno mental, e isso é muito sério. Ao ler o livro pude enxergar o quanto esse assunto passa despercebido por mim, por vocês e por mais de um milhão de pessoas. Céu sem estrelas é muito especial e merece ser conhecido no mundo inteiro.

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...