Olá gente!

            Hoje eu trouxe uma dica muito legal para vocês que assim como eu adoram um Young Adult de fantasia bem amorzinho para passar o tempo. Continuem lendo para saber o que eu achei de Sortilégio primeiro livro da trilogia Hex Hall.


Sinopse: Há 3 anos, Sophie descobriu que não é uma menina como as outras. Ela é uma bruxa e, até agora, isso só lhe trouxe alguns… arranhões! Sua mãe fez tudo o que pôde para ajudar: leu o que conseguiu encontrar sobre bruxas, fadas e magia; procurando consultar o pai ausente de Sophie um poderoso feiticeiro europeu só quando necessário. Até que a menina atrai atenção além da conta depois de um feitiço de amor poderoso demais… E é seu pai que define a sentença: Sophie deve ir para Hex Hall, um reformatório afastado de tudo e de todos que está sempre de portas abertas para receber qualquer “prodígio” que saia da linha ou seja, além de bruxas como Sophie, fadas, metamorfos etc. E a tendência de Sophie para encrencas não decepciona. Já no fim do primeiro dia, ela acumula problemas: três poderosas inimigas que mais parecem supermodelos, uma fantasma que cisma em persegui-la, uma paixonite idiota pelo feiticeiro mais charmoso da escola e ele tem namorada, mas como Sophie poderia saber? Para piorar, sua companheira de quarto é a pessoa mais odiada do campus, e a única vampira entre os alunos… Sim, os sanguessugas não têm boa fama, e uma série de ataques a estudantes acaba fazendo da única amiga de Sophie a suspeita número um na mira do Conselho e da direção da escola. Isso não é tudo, e Sophie precisa se preparar. Uma antiga sociedade secreta determinada a destruir todos os prodígios, inclusive e principalmente ela, parece estar mais próxima do que nunca de Hex Hall. Sophie terá de descobrir, do que sua magia é capaz e, sobretudo, suas origens e quem ela é de verdade.


Autora: Rachel Hawkins
Editora: Galera Record
Páginas: 303

Estou para ler a série Hex Hall há tanto tempo que nem lembro onde eu o vi pela primeira vez, só sei que o livro ficou lá guardadinho por muito tempo até que finalmente parei para conferir esse YA de fantasia e se querem saber. Eu adorei.


Rachel Hawkins entrou na onda de J.K Rowling  e criou uma escola para prodígios, entre eles feiticeiros, bruxas, fadas, lobisomens e etc. Sendo impossível não lembrar Harry Potter em um primeiro momento, mas se engana quem pensa que possa existir alguma comparação fora isso, Hex Hall é um livro com personalidade, a autora deu a sua obra vida própria e as comparações com HP param no cenário da narrativa (colégio) pelo menos eu enxerguei dessa forma, Rachel deve ter previsto que teriam inúmeras comparações e talvez por isso ela tenha escrito um dos meus quotes preferidos.



O livro é muito bom, logo de cara já é possível perceber que Sophie Mercer vai ser uma protagonista que você vai amar, a ironia é sua marca registrada e isso sem duvida da um humor todo especial para a história. No começo ela é meio perdida, completamente alheia à sua história familiar, a intensidade de seus poderes e de quem é seu pai nesse mundo secreto. Sophie, não é apenas engraçada, sua principal característica é a lealdade, mesmo que as circunstâncias estejam contra sua melhor amiga, que é uma vampira ela não para de buscar uma solução, mostrando que a amizade é mais importante do que a opinião e o preconceito dos outros.

Esse livro conta também com um romance muito legal, gostei bastante de ver o sentimento crescer ao mesmo tempo em que é rejeitado por Sophie no melhor estilo "Deus me livre, quem me dera".  Archer Cross é aquele tipo de menino que todas nós já nos apaixonamos um dia, popular, bonito, carismático, irônico, divertido e namorado da menina mais insuportável da face da terra, fica complicado não torcer por Cross e Mercer.




Hex Hall é surpreendente, as coisas começam a acontecer quando você menos espera, porém mesmo com os mistérios e reviravoltas esse é um livro leve e muito recomendado para as horas de lazer e para passar o tempo, para vocês terem uma noção eu li em dois dias e meio e isso é porque eu preciso dormir, comer e trabalhar. A narrativa flui com muita facilidade, quando eu dei por mim já estava no meio do livro, envolta em um monte de acontecimentos e a melhor parte é que não entendo como cheguei ali tão rápido.

O livro é narrado em primeira pessoa, então temos a sensação de que a protagonista é nossa melhor amiga, como eu já disse a narrativa é muito fluida, rápida e prazerosa, os diálogos são maravilhosos e o mistério do livro não deixou nada a desejar. E meus amores que final incrível foi aquele? Estou em cólicas para ler a continuação, não sei o que vem pela frente, mas se continuar nesse ritmo vai ser maravilhoso. Sendo assim não perca a oportunidade de conferir Sortilégio (Hex Hall #1), pois a leitura vale muito a pena.


            Eu vou me despedindo por aqui. Não esqueçam que essa leitura faz parte do clube de temas e vocês estão intimados a conferir as resenhas dos blogs participantes, eu já estou correndo lá para ver o que as meninas acharam dos livros escolhidos.




Classificação


Links.

Blog: Estante Diagonal - A ameaça sombria
Blog: A menina que comprava livros - 
Blog: Alfarrábios Literários -
Blog:  Faces de uma Capa -
Blog: Tell Me a Book -
Blog: Alfas Literárias -
Blog: Manuscrito Literário -
Blog: The Best Words BR -

Beijos e até a próxima!


7 Comentários

  1. Olá, como vai? Eu fiquei interessada nessa série mas, tenho que confessar: nunca ouvi falar dela antes...rs! O livro tem um pouco de tudo que eu gosto fantasia e mistério, apesar de parecer bem juvenil com essas encrencas no primeiro dia de aula pretendo dar uma chance para essa história.
    Gostei desse grupo de Clube de Temas, é tão bom interagir com outros blogs!

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  2. Eu amo YA e fantasia, então é claro que esse livro entrou pros desejados.
    Fiquei curiosa para conhecer a jovem e ver a relação dela com a família =/
    Enfim, tenho ctza que vou gostar *_* adorei a resenha e a sugestão.


    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Como que eu nunca ouvi falar dessa série? Amo fantasia e amo YA, então, já sinto que esse livro é pra mim hahaha. A princípio senti uma semelhança com HP mesmo, mas fiquei aliviada de saber que a autora soube dar personalidade para a história e seguir um caminho interessante e cheio de surpresas.
    Adorei a resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Tenho um exemplar de um dos livros dessa série e não sabia ao certo sobre o que era a história. Gostei da premissa e adoro esse misto de elementos na trama. Parece ser empolgante, mas acredito que por enquanto não deva pegar pra leitura pois estou sobrecarregada. Porém como já conheço a escrita da autora, fiquei contente em conhecer mais dos personagens através seu ponto de vista.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Essa série está nos meus desejados há um bom tempo, adoro a temática, e várias resenhas me deixaram empolgada pela leitura, mas nunca tive oportunidade de comprar os livros. Depois de conferir sua resenha acho que preciso criar vergonha na cara e dar um jeito de ler logo. rs
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Assim como você faz muito, muito tempo que esse livro está na minha lista de drsejsdos, desde o lançamento, como amo esse gênero de leitura, tenho certeza que vou amar a história, e a protagonista que pelo vista é bem simpática, eu também amo quando a autora sabe ser criativa em suas histórias! Acho que vou adiantar essa leitura! Hahaha

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas

    ResponderExcluir
  7. Olá Tayza, eu tenho esse livro na minha listinha de desejado faz um bom tempo, pelos seus comentários o enredo esta bem bacana e gostei de saber que apesar de uma ideia parecida com HP a autora soube deixa-lo diferente *-*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...