[Resenha] Como eu era antes de você - Jojo Moyes


Olá, gente!

Na resenha de hoje vou falar do livro Como eu era antes. Uma coisa é certa, eu era outra  pessoa antes desse livro, pois além de uma boa história ele te faz refletir, pensar um pouquinho fora da caixinha e com certeza muda sua visão da vida.



Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um atropelamento por moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 320

Adquira Aqui: 



Esse livro é contado pelo ponto de vista da Louise ou apenas Lou, uma garota comum de 26 anos, sem qualquer ambição na vida, ela vive de uma maneira monótona, tem um namorado que é “maratonista” e só pensa nisso, ou seja, seu relacionamento é frio e ela vem sempre em segundo ou terceiro lugar na vida do Patrick, mora na casa dos pais junto com seu avô que acaba de ter um AVC, com a irmã super talentosa e acima de qualquer julgamento e o filhinho dela Thomas.

No começo do livro Lou é surpreendida com a noticia que o café onde adora trabalhar vai fechar as portas e ela consequentemente vai ficar desempregada, então ela se cadastra na agência de empregos e começa a pegar tudo que aparece, mas não fica mais que uma semana em cada emprego, até que não existem mais vaga, sua última esperança é um emprego de cuidadora ao qual ela não tem nenhuma qualificação, mas para sua surpresa ela é aprovada e nesse momento a verdadeira história começa.


Confesso que a principio não entendi o porquê de tanta comoção com esse livro, eu estava em uma ressaca literária tão grande que não conseguia me envolver na história e muito menos com os personagens, foi bem complicado essa interação e até o meio do livro eu estava nisso por pura obrigação e teimosia, até que aconteceu, minhas barreiras ruíram e eu consegui em fim entrar de cabeça na história e me permitir viver a vida da Lou e do Will mais de perto e apreciar a história de outra forma.

Um ponto que não vi muita gente comentando é que a família de ambos é “aff” uma bosta, a família do Will é fria e mesquinha e a da Lou muito crítica e não sabe dar valor a filha que tem (pronto falei). Por várias vezes me peguei muito chateada com a situação da Lou em casa, ela está sempre se esforçando, abrindo mão para que sua família possa ter uma vida mais confortável e NUNCA é reconhecida, todos os olhares estão voltados para a irmã “gênio”, super capaz, perfeita, mas que de perfeita não tem nada e sinceramente eu não vi empatia, nem amizade por parte dessa irmã, algumas partes demostram uma preocupação e até carinho, mas faltou muito para que eu a considere uma boa irmã, faltou muito mesmo. 






Já a família do Will tem aquele nariz em pé, fica nítido que eles vivem de pura aparência e algumas vezes dá para sentir que toda a situação com o filho é um fardo, por mais que eu entenda o “respeitar as escolhas do Will” eu não vi esforço por parte de nenhum deles para que a situação mudasse, eles largaram essa responsabilidade nas costas da Lou e pronto, problema resolvido, acho sinceramente que faltou carinho, compreensão e envolvimento real por parte deles e talvez isso fizesse alguma diferença, não mudando nada, mas fazendo da história e da vida do filho mais leve e acolhedora.



Enfim, com o andar da narrativa é fácil se perder entre o que você acha certo e errado, percebi que não devemos sentir facilidade em julgar as escolhas de ninguém, já que não sabemos o que se passa dentro do outro, por muitas e muitas vezes questionei as escolhas dos protagonistas, julguei a Lou de todas as formas possíveis e no final do livro entendi que ela estava perdida dentro da própria vida, com o Will acontece a mesma coisa só que no caso dele a situação é mais complexa, pois se trata de uma condição e não de escolha.

Não li esse livro ontem, faz algum tempo na verdade e ainda estou vivendo entre o amor e ódio com a Jojo Moyes, amo a forma que ela escreveu toda a narrativa, de uma maneira fluida, leve e concisa, mas ao mesmo tempo complexa e cheia de nuances que te fazem pensar por horas a fio. Por outro lado odeio as gotas de esperanças que ela deixou ao longo do livro, odeio ter me apegado a ideia que o final poderia ser diferente, odeio o fato de ter chorado tanto, mais tanto que meu marido veio me perguntar o que estava acontecendo. É muito difícil odiar alguém que nunca prometeu um final feliz ao mesmo tempo é fácil amar alguém que escreveu uma história tão completa e real com uma sensibilidade absurda, um alguém que me mostrou outras formas de amar, me mostrou um amor sem preconceitos, disposto a enfrentar qualquer barreira.


Demorei muito para ler a continuação dessa história (em breve resenha) e com toda certeza lerei outros livros de sua autoria, mas não ainda, pois não me recuperei completamente, afinal quanto mais real a história, mas difícil de desapegar, ainda mais eu que não sou acostumada a esse tipo de leitura, gosto mais de fantasia, livros que milagres acontecem e o final feliz é praticamente garantido, com Como eu era antes de você nada foi garantido, nada foi 100%, fiquei no meio termo durante muito tempo até que o livro teve um fim e até hoje me pego refletindo sobre a história,  não apenas pelo Will e pela Lou, mas por todas as pessoas que passam por essas provações todos os dias, que são reais e que às vezes não tem um final feliz.

Como todos já devem saber o livro teve os direitos de adaptação cinematográfica adquiridos e o filme foi lançado a um tempão, eu fui assistir e se quiserem deixem nos comentários que eu faço uma resenha do filme para vocês, mas já adianto que vale muito a pena assistir.



Eu vou terminando por aqui, espero que a resenha tenha ficado boa, deixem nos comentários o que acharam dessa história e vamos trocar experiências.

Classificação



Beijos e até a próxima!



16 comentários:

  1. Até que enfim alguém que percebeu o quanto a família dos dois é chata :p
    Bom, eu li no ano passado por conta do filme, e no momento em que terminei eu disse "amei, ai que lindo", mas hoje eu percebo que não gostei tanto assim hehe. Confesso, chorei feio um bebê no filme (que está muito bem feito) e no livro, mas não é algo que entrou pra minha lista de favoritos.

    Adorei a resenha, está bem completinha e ressaltando vários pontos :)
    xoxo :*

    memorialices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. A livro bom da p*rra. Um livro que me pegou desprevinida e quase morri de angústia com a narrativa de Lou. E mesmo vendo o filme após a leitura do livro eu chorei litros rsrs
    Eu li a continuação e infelizmente não causou o mesmo impacto, mas amei o livro em si.
    A resenha ficou ótima e as fotos estão lindas.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olha vou admitir que a primeira vez que eu li esse livro, eu li em e-book e quando chegou no final eu senti de arremessar o meu tablet na parede de tanta raiva.
    Só que depois eu senti uma enorme tristeza e o filme me fez chorar muito, mas não consegui gostar nem um pouco da continuação..

    Adoro seu blog
    Beijos
    https://florescendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olha vou te confessar que eu tenho raivinha desse livro a continuação então nem se fala, logo eu que sou jojo lovers me decepcionei muito com essa duologia, vc tem toda razão o familia chata do cão hahaha
    arrasou na resenha o livro que eeeeeeeeee...
    Beijos
    Anne

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sou suspeita pra falar. Amo os livrod da Jojo, mas acho que a continuação dele foi desnecessária. Porém na trama de Will e Lou achei compreensível levantar a questão sobre eutanásia e de poder optar ainda sobre as diretrizes da vida de cada um.
    Enfim, uma ótima leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Nunca li nada da autora, mas tenho bastante curiosidade, já que vejo falarem super bem dos livros dela, principalmente deste. Esta é uma obra que eu queria muito ler há algum tempo, porém depois de pegar alguns spoilers desanimei, haha. Adorei a resenha!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ola, eu não estou muito afim de ler a esse livro fico com o pé atras nos livros que é muito falado eu não sei se eu quero ler. Então eu passo essa dica

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?

    Eu adorei esse livro, mas não consegui me interessar muito pelo segundo. Me emocionei demais lendo esse e também vendo o filme. Até hoje eu sempre recomendo a leitura dele.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oieee
    adorei o livro e mais ainda o filme, mas ainda não conseguir dar um passo de ler o segundo livro, acho que vai romper o final que eu dei kkkkkkk, mas esse livro é maravilhoso, ele reúne muita coisa em uma obra so

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem?! Eu li a história de Lou e Will há muito tempo, antes até de comecarem a falar do filme.
    Já reli e assisti ao filme mais de uma vez, e todas as vezes me emociono durante a leitura da carta.
    Assim como você menciona, eu também refleti muito durante todo o processo de leitura da história, e te digo, que podendo escolher, minha opção seria a mesma do Will.

    ResponderExcluir
  11. Olá ! Tudo bom?
    gente não consigo ler essa resenha, eu começo a lembrar da ressaca literária que esse livro me deu e o tanto que chorei, li a mais de dois anos e até agora não consegui ler Depois de Você a JOJO é maravilhosa.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li esse livro, mas já peguei emprestado com a minha mãe e pretendo ler em 2018 com certeza. Pelo que observo a JoJo pode ser considerada a Sparks de saias né!? Ela parece ser uma especialista em deixar seus leitores sofrerem com o final de seus livros.
    Gostei de conferir suas impressões e tudo que sentiu ao longo da leitura. Aguardo a próxima resenha.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Essa história é bem fofa, ela me lembra muito um filme da Julia Roberts, e está aí o porque de eu nunca ter lido, certas histórias funcional melhor para mim em um filme, que já assisti e achei bem lindo. Já o segundo livro não chamou muito a atenção.

    ResponderExcluir
  14. Assisti apenas ao filme porque tentei ler, mas a escrita da autora não me conquistou. É uma história triste, mas que eu gostei de assistir.
    www.belapsicose.co.

    ResponderExcluir
  15. Olá Thayza,
    Já li esse livro e me encantei completamente pela história. Eu concordo com você em relação a família dos protagonistas. Isso também me incomodou e até ressaltei para umas amigas. É uma pena que você viva uma relação de amor e ódio com essa história. Eu entendo seu lado, mas não consigo não amar esse livro.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi! Dificilmente lerei esse livro, até porque peguei um baita spoiler logo após o lançamento do filme, e me desinteressei por completo.
    Mas, apesar de tudo, achei muito legal você descrever seu ponto de vista, ressaltando a características dos personagens e seu papel na história.
    Confesso que por isso me deu uma ponta de curiosidade em querer saber mais so livro. Então, quem sabe... rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo