[Resenha] Londres é nossa! - Sarra Manning

Olá gente!

            Eu vinha de uma chuva de fantasia e precisava com todas as minhas forças de um YA para aliviar, então quando vi “Londres é Nossa!” no catálogo da Galera Record solicitei o livro e hoje estou aqui para contar o que achei dessa leitura.

Sinopse: Uma divertida e acelerada carta de amor a Londres, a garotos e a alucinantes noites em claro Sunny sempre foi um pouco ingênua, até meio molenga. Mas quando recebe a foto de seu namorado beijando outra garota em seu celular, ela sabe exatamente o que fazer: encontrá-lo e terminar tudo. Só que... será que Mark não tem uma explicação para isso tudo? Eles estavam indo tão bem... Agora, Sunny precisa achar o rapaz em pleno sábado à noite em uma das cidades mais movimentadas do mundo. O que antes parecia uma tarefa simples virou uma verdadeira corrida maluca por Londres. No caminho, Sunny conhece um condutor de riquixá, grupo de dragqueens, sua banda girl power favorita e, principalmente, os Goddard os gêmeos (primos) franceses mais misteriosos e descolados de Londres.

Autora: Sarra Manning
Editora: Galera Record
Páginas: 266



          “Londres é Nossa!” narra de maneira leve uma desilusão amorosa daquelas, pois Sunny descobre que seu até então super fofo namorado Mark a está traindo com uma menina de shortinho curto, a protagonista tem duas opções 1) Ir para casa e chorar até desidratar acompanhada de um pote de sorvete e música triste 2) Ir atrás do embuste e mostrar para ele com quantos paus se faz uma canoa. Sunny decide lógico pela segunda opção e nos leva para uma aventura de 12 horas cheia de desencontros, descobertas, diversão e autoconhecimento.


            Eu tirei muitas coisas positivas desse livro, mesmo sendo uma narrativa leve e os temas serem tratados com uma sutileza impressionante é notório as discussões sobre feminismo, racismo, autoestima, entre outros. O livro começa com uma vontade de dar um pé na bunda do até então namorado, mas ao longo da narrativa se torna uma busca por si mesma, Sunny descobre dentro de si uma personalidade que sempre deixou adormecida, ela conhece uma menina capaz de dizer o que pensa, ser forte e decidida. Vocês precisam saber que a protagonista é mestiça (mãe branca e pai negro) e pelo que percebi em Londres isso é bem acentuado, a partir daí ganhamos algumas lições de racismo, sabe aquele velado, sem intenção de ofender? Então, esse mesmo e pasmem algumas vezes isso vem do lado negro da família dela, ou seja, podemos todos ser racistas independente da nossa cor da pele. Outro assunto levantado e bem perceptível é a sororidade, sobre isso vocês precisam ler o livro para entender, no mais essa é uma história sobre a libertação da Sunny para se aceitar e ser quem realmente é.

Nota: O que é sororidade? É a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo.


            No começo eu achei a protagonista uma boba, deu vontade de bater com a cabeça dela na parede (nossa quanta violência), me irritou um pouco a forma egoísta como ela age em alguns momentos, porém eu já fui adolescente, já fiz coisas inconsequentes e egoístas, então consigo compreender os motivos que levaram Sunny a ser um pé no saco algumas vezes. Esse é o problema do YA para pessoas que já passaram dessa fase, ficamos abismadas com a facilidade que os adolescentes têm de fazer cagada, de tomar decisões erradas e de se deixar magoar, mas a solução desse problema é simples, pelo menos para mim, procuro sempre lembrar que já tive 17 anos e que muito do que me irrita hoje eu fiz ontem e precisamos cagar tudo para depois limpar nossa bagunça e aprender com nossos erros, irrita, mas faz parte do processo de amadurecimento. E por falar em amadurecimento em 12 horas Sunny amadureceu anos, eu fiquei muito contente com a evolução da personagem e por ela chegar ao objetivo da jornada muito forte e segura de si.

            O livro é narrado em primeira pessoa, então temos total acesso aos pensamentos e sentimentos da protagonista o que facilita na empatia, mesmo eu não conseguindo me conectar com a história como gostaria pude compreender todos os motivos por trás de cada ação e isso foi um ponto positivo para mim. A história flui, é bem movimentada e não fica parada por um minuto, tornando a leitura bem fácil e agradável. A meu ver o objetivo de passar uma lição positiva e entreter o leitor foi atingido com êxito pela autora e fico contente em dizer que esse livro superou minhas expectativas.


            Algo que eu gostaria de falar é: Não esperem pontos turísticos nesse livro, conhecemos uma Londres local, lugares frequentados pelos moradores da cidade e em cada novo lugar que a jornada de Sunny nos leva conta com uma introdução da história do lugar, achei o máximo conhecer e enxergar Londres desse ângulo, outro ponto positivo da narrativa com certeza.

            Para terminar digo que esse livro tem minha recomendação para quem procura histórias leves e esteja disposto a relevar idiotices características da idade, vale muito a pena conhecer Londres por essa perspectiva, aprender com a Sunny sobre amizade, lealdade, amor, sororidade e autoestima. Leiam sem medo e se deixem levar pelas descobertas, pela diversão e pela beleza da liberdade.


Esse livro foi cedido pela editora em forma de parceria.


Classificação

Beijos e até a próxima!


26 comentários:

  1. parabens pela resenha adorei o livro nao conhecia e com a sua me interessei pelo livro
    BLOG♥ Coisas da Vida

    ResponderExcluir
  2. Gostei da proposta do livro. A resenha ficou super legal e me ajudou a ter interesse pelo livro. Vou procurar aqui....

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha! O livro parece leve e fluido, o tipo de leitura rápida mas que consegue prender a gente!

    Gostei da forma como resenhou e as fotos estão bem legais!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha, o livro parece ser muito interessante pelo que você escreveu... Me deixou com vontade de ler

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha parece ser mesmo interessante!
    Confesso que não sou tão apaixonada por livros, mas esse livro, me interessei.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante o livro!
    Adorei a sua resenha. Deu mais vontade de lê-lo!
    Parabéns!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ótima resenha! O livro parece mesmo ótimo! Assim que tiver oportunidade quero lê-lo! Sucesso!
    http://caroldiascompartilha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaysa tudo bem?
    Essa parece ser aquele tipo de leitura que nos faria rir e nos divertir diante dos fatos que a personagem tanto deseja e sonha, adorei a capa e quem sabe futuramente eu daria uma chance.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Parece ser um livro bem interessante e sua resenha ficou muito clara sobre ele, porém, acho que não faz muito o meu estilo, então deixo a dica passar dessa vez.

    Beijinhos,
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oiê!
    Também sou dessas que na ressaca literária decide ler um ya ou infanto-juvenil para descontrair, mas, as vezes, acabo me irritando... hahaha esse em específico não me chamou muita atenção, achei bem bobo mesmo, apesar de também ter passado por essa fase da adolescência, hoje em dia não tenho mais paciência para ela... Vai entender!

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Apaixonei na capa.
    Não conhecia ainda o livro, essa é a primeira resenha dele que leio e estou pirando aqui.
    Também estou precisando de um YA para renovar minhas forças hahahahhaa tenho certeza pela sua resenha que esse é um livro que eu leria rapidão e me divertiria. Amei a premissa.
    E amei saber que mesmo sendo um livro leve dá para tirar coisas bem legais.

    ResponderExcluir
  12. Eu vi esse livro faz um tempo, mas na época não me interessei por ele porque passei só de relance. Agora lendo a resenha eu fiquei curiosa e espero poder ler algum dia.

    ResponderExcluir
  13. Que livro mais amorzinho, parece perfeito para quem está de ressaca literária! Fiquei curiosa para saber o que Sunny aprontou. Quanto aos temas abordados, acredito que tornem a leitura ainda mais rica. Dica anotada.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oii! Eu não conhecia esse livro, mas parece ser bem divertido, com temas bem interessantes e uma escrita bem leve, gostei de saber que no decorrer da história há uma evolução em relação a personagem principal. Estou curiosa para saber como será o desenrolar dessa história. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  15. Oi Thaysa, já me ganhou por ela ter escolhido a segunda opção. Adooooro!!! O enredo parece está leve, vou anotar sua dica.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  16. Eu particularmente gostei muito dessa leitura e de conhecer essa Londres mais local, menos turística. Também gostei muito da Sunny.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  17. Oiee!
    Gostei do livro, principalmente por não focar na parte turística e mais na local, bem interessante isso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Amo a Sarra, mas faz tempo que não leio nada dela, então saber mais desse livro foi muito bacana pra mim, inclusive já está em minha lista de desejados!

    ResponderExcluir
  19. Oiii!

    Que enredo bacana, eu acho que é uma daquelas obras pra nos tirar da ressaca, gosto desse tipo de livro.
    Dica anotada!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Oi Thayza! Infelizmente esse não é o tipo de livro que eu gosto de ler, sou mais amante de fantasias, distopias, rs. Mas é uma dica interessante especialmente para refletir sobre temas tão profundos, como você citou, de uma forma mais suave. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Como gosto de histórias leves e não ligo para idiotices (hahaha, conforme vc colocou) lerei este livro com certeza Quero conhecer a escrita da autora e vou sem expectativas de conhecer Londres através da obra, pois como vc colocou a história acontece localmente.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  22. Oiee, não gostei muito da capa, mas me parece ser uma leitura bem gostosinha, obrigada pela dica!

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Adoro livros narrados em primeira pessoa, costumo me sentir mais próxima do personagem e crio aquela "amizade" com ele heheh

    Acho que eu também terei vontade de dar uns tapas na protagonista, mas resistirei à tentação e precisarei lembrar que também já fui assim

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Gosto quando a história aborda temas importantes com certa leveza, e gostei da premissa do livro. Espero ler um dia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem? Não conhecia muito bem o livro, apesar de já tê-lo visto em alguns lugares. Gostei da premissa da sororidade, dessa auto-descoberta, acho que é o tipo de narrativa feminina que deveria existir mais na literatura, pois a maioria acaba moldando a mulher a partir de um homem e isso é tão clichê e patriarcal - sem falar que ilude as mulheres, faz com que elas acreditem que isso é a realidade, que é isso que devem buscar. Apesar de o início ser por causa de um homem, com o pé na bunda, essa reviravolta de perspectiva, com certeza, é linda! <3 Adorei a resenha, me fez ter bastante vontade de ler! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bem?
    Em primeiro lugar, amei conhecer o blog de vocês. Achei uma gracinha. Parabéns!!! Ouvi falar desse livro ontem no canal Segredos entre Amigas da Barbara Sá. Está entre a TBR dela. Já gostei da ideia do livro. Entendo essa irritação com adolescentes. Estou num projeto literário de ler a série O Diário da Princesa e às vezes quero morrer com os dramas da Mia, mas mesmo assim, amo leituras leves que me levam novamente para a difícil fase da adolescência. Ótima resenha! Todo sucesso para vocês. Um beijo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo