[Resenha] Devora-me - Katherine Laccom't.


Olá gente!

            Preparem o ar condicionado, porque a resenha de hoje vai ser quente. Vamos falar sobre o livro Devora-me da autora Katherine Laccom't.


Sinopse: Benjamin Graham é um famoso advogado criminal conhecido por suas proezas nos tribunais e por sua fama de playboy conquistador. Seus amigos são a sua família e faz de tudo para preservar esse laço. Alyssa Lancaster é a menina doce da família Secret Garden. Seu jeito de garota tímida encantava a todos por onde passava e sofria por ser vista apenas como a “irmã caçula do melhor amigo”, pelos amigos de Noah. Principalmente por Benjamin, por quem é apaixonada desde pequena. Ben têm todas as mulheres que quer, onde quer e como quer. Anos atrás, Noah obrigou os amigos a fazerem um pacto que Benjamin não se importa em cumprir, já que nunca viu Aly como mulher.
Ele a rejeitou... ela mudou. Benjamin percebeu que rejeitar Alyssa foi apenas o começo dos seus problemas e nada o preparou para a transformação da doce menina, para uma mulher fatal. Só que o pior ainda estava por vir, ver a mulher proibida ser cobiçada por outros, faz os seus dias uma tortura. Mas a atração fala mais alto, as faíscas explodem e a consequência desse jogo de “gato e rato” pode ser a perda do seu melhor amigo. E o notável galã percebe que não pode ter quem quer, como quer e quando quer.

Autora: Katherine Laccom't.
Editora: Independente
Páginas: 355


            Devora-me é o terceiro livro da série Secret Garden. Ele conta a história de Alyssa Lancaster uma mulher que sempre foi superprotegida pelo irmão mais velho e seus amigos e que sempre foi apaixonada pelo melhor amigo. Ela é uma menina que cresceu e se tornou mulher, sendo que ninguém enxerga isso, para eles Aly continua sendo um anjinho, mas por dentro da capa meiga que ela veste existe uma mulher extremante inteligente, dona de si, de opinião forte e MUITO sexy, tudo que ela precisava para dar vida a essa sua outra metade era levar um empurrãozinho ou um pé na bunda de seu grande amor, o famoso advogado, playboy, pega todas Benjamim Graham.

            Benjamim é muito competente no seu trabalho, podemos dizer até que ele é invencível nos tribunais, é um advogado brilhante que chegou ao topo à custa do seu próprio suor e trabalho duro, teve uma infância difícil e se orgulha de onde chegou e não esconde isso de ninguém, ele também não esconde que gosta de mulheres ao seu redor e na sua cama (na sala, no escritório, no carro, no laboratório da Aly etc...), mais as coisas mudam quando ele conhece A Rainha, a mulher misteriosa que promete colocar sua vida de pernas para o ar.



            Mesmo se tratando de um livro Hot, encontramos uma mensagem de amor, amizade e lealdade muito bonita. Ben é muito ligado aos amigos e os considera família e a reciproca é verdadeira. O motivo da história dele com a Aly ser tão conturbada, é que ficar com ela significa trair uma promessa (pacto na verdade) que fez a seu amigo há muitos anos atrás, esse pacto consiste em não tocar na irmã mais nova e sempre a proteger. Sendo assim o casal protagonista fica entre o amor que sentem um pelo outro e a lealdade com o Noah e seu pacto idiota. Se vocês somarem tudo que eu já disse com um desejo desenfreado e um protagonista meio burrinho para os próprios sentimentos vão perceber que dá uma bela história.


            Eu comecei a ler a partir do terceiro livro (sim, sou doida), esse fato me deixou um pouquinho perdida no começo, mas logo me adaptei aos personagens e consegui evoluir bem na leitura, além disso, eu fiquei muito curiosa para conferir os livros anteriores. Gostaria de deixar claro que os livros são independentes e que não é necessário ler os anteriores para ter um total entendimento já que se trata de uma outra história com início, meio e fim, mas acompanhar a série desde o começo ajuda a ter um entendimento mais rápido e o conhecimento dos personagens secundários já que todos eles já apareceram antes. Uma coisa que me decepcionou um pouco foi à ambientação da narrativa, eu esperava algo de fato nacional, uma história que acontecesse aqui na nossa terra, mas a história se passa nos EUA e isso me incomodou um pouco, não porque atrapalha nem nada, mas é que eu esperava uma coisa diferente. A narrativa é dividia nos pontos de vista da Alyssa e do Benjamim o que nos proporciona um quadro amplo da história, a leitura é rápida e bem apimentada.

            As partes de sexo são bem descritivas, mostrando todo o potencial da autora. Esse livro traz uma vertente que eu ainda não tinha lido, aqui vislumbramos um pouco de fetiche já que a protagonista está decidida a viver suas fantasias e frequenta um clube especifico onde a imaginação não tem limites (ou tem) não sei bem, não foi um assunto explorado ao extremo, até porque essa não era a proposta da autora, mesmo assim eu achei bem interessante e pretendo ler mais livros com essa temática. Quero deixar claro que os protagonistas e seu círculo de amigos falam de sexo como quem pede pão, então não se espantem se no meio de uma conversa casual você ler “você precisa transar” ou algo parecido. Durante o ato sexual os protagonistas usam de abusam da expressão “falar sujo”, é preciso estar preparado para outro tipo de sexo, esse livro não tem sexo romântico se trata de algo mais carnal e fora do padrão e essa foi outra coisa que eu achei bem legal da autora, mostrar que não precisamos gostar da mesma coisa, comer feijão com arroz sempre, existe estilos diferentes e isso é perfeitamente normal mesmo que fuja do comum.


            Outro ponto positivo desse livro é o empoderamento feminino, esse “clube da Luluzinha” é muito unido e todas, sem exceções são fortes, donas de seus corpos, suas vontades e suas vidas, se apoiando e se respeitando sempre e em qualquer circunstância. Achei muito feliz da parte da Kat explorar o relacionamento feminino de uma forma positiva, eu não vi nenhum xingamento por parte de qualquer personagem julgando as mulheres que dormiram com o Ben (tirando a ex-namorada), achei maravilhoso eles encararem como direitos iguais, algo que ainda precisamos trabalhar, mas já está evoluindo. Nesse ponto o meu destaque vai para Mad, que mulher, ela foi protagonista do primeiro livro é tratada como mãezona, cuida de todos, se preocupa e dá o espaço para a Alyssa viver o que tem de viver sem julgar (até ajuda), mas sempre deixando claro que se as coisas derem errado o colo e o apoio dela estará sempre ali, é a coisa mais linda de se ler, adorei as partes de interação das duas.


            Quero dizer que a autora tem outras séries já publicadas (que eu estou doida para ler) e que eu recomendo Devora-me (comece do livro 1 – O Juiz) para quem gosta de livros eróticos, mas lembre-se que a escrita e a narrativa seguem o estilo americano, e é muito importante respeitar a proposta do livro e não esperar mais do que ele pode oferecer.

Vou terminar essa resenha agradecendo a Katherine pela oportunidade de ler seu livro, pela confiança no nosso trabalho e pela parceria.


Essa obra foi enviada pela autora em parceria com o blog



Classificação: 4 estrelas

Onde encontrar
Devora-me (Amazon)
Outros livros (Amazon)

Mais sobre a autora
Biografia


Beijos e até a próxima!




23 comentários:

  1. Caraaamba. Nunca tinha ouvido falar, mas fiquei bem curiosa pra ler. Gostei da sinopse e ás vezes um erotismo cai super bem nas leituras né? haha

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  2. Essa é a primeira vez que tenho contato tanto com a autora quanto com a série é confesso que torci o nariz ao ver que se tratava de um livro erótico. Não que eu não goste, na verdade amo. Mas ultimamente parece que só se fala neles na blogosfera e eu já estava esperando uma história sem sal e totalmente previsível.
    Queimei a língua.
    Gostei bastante do enredo e sua resenha me convenceu de que devo dar uma chance a essa história.
    Bjs, Mila


    https://esquadrao-literario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Nunca tinha lido nada a respeito desta obra e nem conhecia a autora, mas é claro que sua resenha já foi o suficiente para me deixar bem curiosa quanto ao desenvolvimento. Acho muito legal o trabalho dessa questão do empoderamento feminino, acredito que tem muito a nos ensinar sempre. Não leio muitas obras ao estilo erótico, mas essa premissa parece ser mais intrigante e eu adoraria poder conferir também.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Nunca ouvi falar sobre essa série e sobre a autora, mas menina! fiquei encantada depois dessa resenha incrível!

    Esse é o tipo de livro que eu amo! Que além de ser hot tem toda uma história por trás, como você citou, amizade, amor e lealdade, não podemos deixar nos enganar pela capa achando que é só pegação, adoro quando isso acontece! Quero ler esse livro, já marquei na lista!

    Beijos
    Jess

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar dessa escritora mas nunca li nenhum livro dela...o fato de ter continuidade envolve o leitor e dá um maior entendimento para a história...que bom que teve a oportunidade de voltar atrás para ler os livros anteriores e parabéns pela parceria bjs

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem?
    Livros que tem uma pegada hot são os meus favoritos e ainda mais quando ele traz uma mensagem acima de apenas sexo, irei procurar saber sobre os dois primeiros livros da série para ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não curto muito o gênero, então eu não conhecia esse, e saber que as cenas de sexo são bem pesada me fazem ficar com um pé atrás com a leitura, ainda que você tenha dito que o livro uma mensagem bacana além disso.
    Não pretendo ler o livro, pelo menos não no momento, mas que bom que você gostou e pretende ler outros livros da autora!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Olá! Já fi isso de ler algo fora de sequencia. Realmente é ruim é de um lugar mais se passa em outros. Bom que a autora mostra um lado diferente desse gênero. Apesar de ter te incomodado um pouco o fato da história ocorrer em um lugar e passar em outro, que bom que você gostou das outras coisas. Beijos'

    ResponderExcluir
  10. Oie...
    Adorei sua resenha ;)
    Fico feliz que tenha gostado da leitura, porém, não é um livro que gostaria de ler, pois, não curto muito essas descrições de sexo, então, preciso passar a dica...
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Hey,
    Ainda não conhecia esse livro, nem série e, apesar de não curtir muito livros do gênero, sua resenha me deixou curiosa, principalmente, pela parte do empoderamento feminino e esse "clube da luluzinha". É uma dica que vou anotar, mas não sei se farei a leitura tão cedo rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro, mas já li tanto enredo parecido que é como se eu tivesse lido! Rsss
    Já li pelo menos 5 livros onde "pegar a irmã" era proibido, mas que era difícil conter o desejo e tal.
    Mas gostei de saber que ela realiza seus fetiches, a mulher tem que saber o que quer e tem que correr atrás mesmo. E também achei legal haver um empoderamento! Empoderamento feminino nunca é demais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá! Tudo bem?
    Adorei a premissa do livro, nunca tiha lido nenhuma resenha dele, e parece ser bastante interessante, já que, além de ser um livro hot, trata de outros assuntos também. Adoro livros nesse estilo.
    Adicionado a lista de desejados com sucesso!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Olá Thayza,
    assim que comecei a leitura da resenha pensei, é mais do mesmo. Um playboy que pega geral, uma menininha apaixonada por anos e puff ele se apaixona. Mas sua resenha me surpreendeu, esse empoderamento, essa transformação em mulher poderosa (não apenas no físico), mas no emocional e sabendo o que quer. Amei!
    Foi pra lista de desejados kkkk

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  15. Oi, Thayza!
    Gostei da premissa e os pontos que você destacou me deixaram curiosa, apenas um não gostei tanto que foi a questão do fetiche porque acho que esse tema já está bem saturado nos livros eróticos e eu acho bem chatinho a forma como as autoras costumam abordar o assunto. Talvez por isso eu não leia o livro logo, mas não descarto a possibilidade de leitura mais para frente.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Se essa capa linda e atraente não tivesse me convencido a ler esse livro, certamente sua resenha teria feito isso. Eu adoro livros hots, embora confesso que alguns me deixam um pouco encabulada, às vezes. Mas eu gostei bastante dos comentários trago por você e fiquei até curiosa para saber se o Ben vai, no fim das contas, romper esse pacto bobo e ficar com o amor da sua vida.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  17. Oi Thayza, como está?
    Adorei a resenha e achei a proposta do livro bem interessante. Um pacto para não ficar com a irmã do melhor amigo? Mas que raio de melhor amigo é esse? Ok que o nosso protagonista não é nenhum santo, mas, poxa, até para mim isso consegue ser babaca demais, --'.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oie amore,

    UIIIIIIIII... a capa e o título já é instigante... e por ser um livro de um dos gêneros que eu curto, fiquei de cara com vontade de ler.
    Não conhecia a série, mas já me empolguei aqui e anotei a dica pra ler futuramente.
    Parabéns pela parceria, que seja frutífera para ambos os lados!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  19. Oi, legal ver que você gostou do livro. Particularmente não curto esse tipo de hot, mas gostei de saber que traz essa mensagem de lealdade, amizade e etc. Nunca tinha ouvido falar na série, e bacana que já tem vários livros.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Acho que não conseguiria ser que nem você e começar uma série pelo terceiro volume, mesmo sendo livros independentes hahahaha Adorei que tem essa mensagem de empoderamento feminino, é muito difícil achar isso em uma obra hot, então isso já fez chamar a minha atenção. Dica super anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oi, eu também já fiz dessa loucura de ler pelo terceiro volume, mas se tratando de livros independentes de uma série não acho que seja algo que prejudique! No entanto, tenho que falar que por não ser muito meu estilo de leitura, com sexo e palavras sujas, sem ter todo aquele "que" romântico, não me chamou muita atenção. A história em si me fez realmente querer ler, só esse ponto que eu não sei se eu iria amar... Mas darei uma chance e vou procurar saber mais sobre a série! Parabéns pela resenha <3
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  22. Ola!
    Uau! eu amei essa sinopse, gosto dessa pegada amigo do irmão mais velho, gosto muito de livros Hot's também, uma ótima indicação.
    Parabéns pela resenha

    Beijos
    Leitora Dramática
    http://blogleitoradramatica.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Não conhecia essa série, mas gostei bastante do enredo e da sua resenha pois adoro um livro erótico onde o mocinho é super bacana e tem vários amigos fiéis ao seu lado.
    O bom é que mesmo sem ter lido os anteriores você conseguiu realizar essa leitura, adorei a indicação.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo