[Resenha] A Garota do Calendário (Janeiro até Junho) - Audrey Carlan


Olá gente!

            Hoje eu vou servir para vocês um prato um pouquinho diferente, quero contar para vocês as minhas impressões sobre um dos livros mais lidos ultimamente A Garota do Calendário, mas por se tratar de 12 livros pequenos eu resolvi fazer uma resenha semestral, ou seja, hoje vou falar dos seis primeiros livros (seis primeiros meses).  Não vou me aprofundar muito em cada mês, essa será uma resenha mais objetiva, focada nos aspectos da história.


Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser.

Autora:  Audrey Carlan
Editora: Verus

Mês, cliente e lugar!

1.      Janeiro: Wes – Malibu
2.      Fevereiro: Alec - Seattle
3.      Março: Tony - Chicago
4.      Abril: Mason - Boston
5.      Maio: Tai - Havaí
6.      Junho: Warren - Washington



            A Garota do Calendário é uma série de livros hot/erótico que acompanha a vida de Mia Saunders, uma mulher que está precisando de muito dinheiro, pois o pai se meteu em confusão e deve para um agiota que o colocou em coma, agiota esse que é ex namorado dela. Sem ter muitas opções Mia acaba recorrendo a sua tia que tem uma agência de acompanhante de luxo, ela não é obrigada a dormir com seus clientes, mas se isso acontecer ela recebe um belo bônus. O acordo é simples, um homem por mês durante um ano, lugares diferentes, pessoas diferentes e experiências diferentes.

            Os livros têm em média 140 páginas, podendo variar para mais ou para menos, depende do mês. A história é envolvente e muito sensual, particularmente é um livro bem fácil de ler, tanto que li dois meses em um final de semana.  Acredito que o sucesso do livro seja exatamente esse, uma leitura rápida, leve e envolvente. As cenas de sexo não são extremamente descritivas (já li coisa mais pesada), mas Mia não tem muitos pudores e fala de sexo como quem pede um pão na padaria e para quem não está muito acostumado com o mundo hot pode assustar um pouco, mas é tão natural da personagem que com o tempo passa a não impressionar mais.

            Eu gosto da Mia, mas existem algumas coisas que me incomodam como, por exemplo, a fixação dela com a irmã, tudo bem que ela sempre foi responsável pelo bem estar da menina, mas eu vejo na relação uma coisa unilateral, não desgosto da caçula, mas acho que ela deixa muita coisa para Mia cuidar, sendo que ela já pode começar a se virar um pouco sozinha e aliviar o peso da irmã. Não sei quem é mais dependente nesse relacionamento, pois às vezes parece que a Mia vive a vida da irmã, foca tanto que acaba deixando sua própria felicidade em segundo plano enquanto a Maddy está vivendo sua vida sem preocupações e sendo feliz. Por outro lado eu gosto muito da maneira como a Mia enxerga a vida, vendo nessa história de acompanhante uma maneira de se descobrir, aproveitar as experiências e concluir essa “missão” de forma que aproveite cada experiência, acho que a frase “confie na jornada” define bem a personagem, seu otimismo com o futuro e sua incerteza com o amor.


            De longe Janeiro foi o melhor mês para mim, sem dúvida foi o livro mais completo até agora, onde teve mais sentimentos e emoções, não me levem a mal, os outros meses não são ruins (tirando Junho), mas não chegam aos pés de Janeiro. A Garota do Calendário é como uma montanha russa, meses bons e meses médios, até que a autora entrou em queda livre em Junho quase me fazendo desistir da leitura, mas como eu preciso saber quem é o último cliente e trazer a segunda parte da resenha para vocês, vou persistir, mas deixo claro que fiquei MEGA decepcionada com os últimos acontecimentos.

            Não vou mais me prolongar, algumas coisas que eu ainda quero falar sobre a história eu vou deixar para o segundo semestre, pois estou esperando mais informações e se eu reclamar agora posso morder minha língua e não queremos isso. Eu recomendo a leitura para quem curte o gênero, para quem não curte ou quer começar pode ser um pouco desconfortável, pois a protagonista é bem atirada e isso pode assustar, mas isso varia de pessoa para pessoa, então leiam e tirem suas próprias conclusões.

Um quote por mês:
















Classificação:
3 estrelas

Beijos e até a próxima!!




6 comentários:

  1. Olá lindona, eu quero muito ler essa coleção. Parece muito boa.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá flor!

      Agradeço pelo comentário e pela visita. Como eu disse, o livro vai de gosto pessoal, então se joga e vê se gosta de Janeiro, se gostar vai "vivendo" um mês de cada vez!

      Beijos.

      Excluir
  2. Ainda não terminei de ler a série, estou me arrastando na leitura. Mas seu post me deu um animo a mais.

    Beijos da Nanáh!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Adoro ler filmes eróticos, para mim são os mais convincentes, parece que estamos na cena, enfim, vou colocar essa série nos livros que pretendo ler esse ano, um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ah, moça, gostei bastante do seu texto. Já estava desgostando do livro ao longo dele, depois de falar de junho, eu decididamente passo.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Muitas pessoas estão comentando sobre este livro e eu estava curiosa para saber como é, pois ainda não li.
    Como você disse, para quem não é acostumada com o gênero pode ser um pouco desconfortável, mas só eu lendo para saber né.
    Adorei a resenha e também quote de Março!
    Beijos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garotas Devorando Livros - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo